Publicidade
Início Notícias Gestão Pesquisa descobre que até 20% das iniciativas de IA falham sem uma...

Pesquisa descobre que até 20% das iniciativas de IA falham sem uma infraestrutura de dados inteligente

0
Publicidade

Cerca de 20% das iniciativas de implantação de Inteligência Artificial Generativa pelas empresas vão falhar por não ter uma infraestrutura de dados bem dimensionada. A Informação é de Giovanna Sangiorgi, Senior Vice President e General Manager EMEA e LATAM da NetApp, em entrevista à TI Inside, em sua recente visita ao Brasil, tendo como um estudo encomendado pela empresa à IDC.

Segundo a executiva, “o estudo ajuda as organizações a evitar armadilhas comuns, garantindo que suas iniciativas de IA não estejam entre os 20% que provavelmente falharão, além de propor um modelo detalhado de maturidade de IA desenvolvido para avaliar o progresso organizacional das empresas com base em sua abordagem à IA, desde emergentes e pioneiros em IA, até líderes e mestres em IA”.

Para apoiar as empresas a superaram esse desafio, a NetApp fez uma parceria com a NVIDIA para impulsionar a recuperação de aplicativos de inteligência artificial generativa, conectando enormes quantidades de dados armazenados na infraestrutura de dados inteligente da NetApp de modo que as empresas possam acessar os dados de forma fluida e segura, sem comprometer a privacidade, conforme exigem as melhores práticas de governança.

Ela explica que empresas que buscam aproveitar os modelos de linguagem (LLM) disponíveis publicamente agora podem fazê-lo com a garantia de que seus dados privados estão protegidos. “Até agora, empresas que desenvolviam chatbots internos, copilotos ou aplicativos que usavam dados empresariais enfrentavam desafios em termos de segurança e privacidade”.

Com essa solução, os clientes da NetApp podem acessar facilmente seus dados, sejam planilhas, documentos, apresentações, desenhos técnicos, imagens, gravações de reuniões ou informações de seus sistemas ERP ou CRM, por meio de simples avisos, mantendo um controle restrito sobre quem pode acessá-los.

Segundo Giovanna, “as organizações precisam, mais do que nunca, impulsionar a inovação, melhorar as experiências dos clientes, proteger-se contra ameaças cibernéticas e aumentar sua produtividade”.

E neste contexto, a Inteligência Artificial Generativa é a ferramenta de preferência para alcançar esses objetivos, que de acordo com o relatório Cloud Complexity 2024 da NetApp, depende de dois fatores: os dados (74%) e a infraestrutura tecnológica (71%).

Ela faz um alerta porque frequentemente as empresas tentam reduzir os processos de segurança para acelerar o desenvolvimento, mas que gerenciar dados de forma responsável e segura é uma questão-chave para se ter sucesso na implantação de IA Generativa.

Liderança

Para manter sua liderança em infraestrutura de dados inteligente, a NetApp apresenta novos recursos projetados para fornecer aos clientes um gerenciamento avançado de dados, proteção  contra ransomware e integração na nuvem exigida pelas cargas de trabalho atuais, como a IA generativa.

“Os dados são os ativos mais valiosos para as empresas que desejam permanecer competitivas. Seja para aplicações críticas ou para impulsionar a IA por meio de dados empresariais, escolher uma infraestrutura de dados faz toda a diferença”, afirma Marcos Gaspar, District Manager da NetApp Brasil.

“O amplo portfólio de armazenamento de dados unificado da NetApp, desde on-premises até a nuvem pública, torna a solução referência para empresas que buscam a robustez necessária para cargas de trabalho mais exigentes. Os novos sistemas da série AFF A são um testemunho de nosso compromisso em oferecer o armazenamento empresarial mais poderoso, inteligente e seguro da indústria”, explica.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Sair da versão mobile