Samsung apresenta processador de 5nm para wearables

0
107

A Samsung Electronics anuncia seu novo processador para wearables, o Enyxos W920. O sistema, segundo a fabricante, é construído com um modem LTE e é feito com um processador de 5 nm (nanômetro) e litografia com luz ultravioleta extrema.

O Exynos W920 inclui dois núcleos Arm Cortex-A55 para um processamento de alto desempenho e com baixo consumo de energia, e uma GPU Arm Mali-G68 que melhora o desempenho de CPU em torno de 20 por cento e traz um desempenho gráfico dez vezes melhor do que seu antecessor. Com núcleos atualizados e desempenho aprimorado, o Exynos W920 permite que os aplicativos abram mais rápido, além de uma interface de usuário gráfica 3D (GUI) mais atraente e interativa nas telas qHD (960 × 540) dos dispositivos.

Mesmo com os recursos e aprimoramentos mais recentes, o Exynos W920 vem no menor formato atualmente disponível no mercado para wearables com Fan-Out Panel Level Packaging (FO-PLP). A tecnologia incorpora Exynos W920, circuito interno de gerenciamento de energia (PMIC), LPDDR4 e placa de multimídia integrada (eMMC) no mesmo conjunto, usando a configuração System-in-Package-embedded Package on Package (SiP-ePoP). O tamanho compacto do processador permite criar smartwatches com baterias maiores ou designs mais elegantes.

O recurso Always-on-display (AOD) para wearables, especialmente smartwatches, é amplamente adotado, pois torna fácil olhar rapidamente a hora, notificações, chamadas perdidas e muito mais, sem a necessidade de ativar o relógio. Em vez de ligar a CPU principal, o W920 ativa um processador de tela de baixo consumo dedicado, o Cortex-M55, reduzindo o consumo de energia da tela no modo AOD em comparação com o modelo Exynos anterior.

Para uma melhor experiência conectada, mesmo em movimento, o Exynos W920 é integrado com um modem 4G LTE Cat.4, bem como um Sistema Global de Navegação por Satélite (GNSS) L1 para rastreamento de velocidade, distância e elevação durante atividades ao ar livre.

O Exynos W920 oferece suporte para nova plataforma unificada de wearables da Samsung construída em conjunto com o Google, e será usado pela primeira vez no próximo modelo Galaxy Watch.

Deixe seu comentário