Indigosoft anuncia solução de automação de RH

0
9

Os gestores de RH sabem que o trabalho que realizam agrega valor estratégico para toda a empresa. É possível sim ganhar mais competitividade ao deixar que os profissionais foquem em trabalhos mais 'inteligentes' do que braçais. Além do ganho em produtividade e competitividade, os próprios colaboradores se sentirão mais motivados. Isso sem dizer do seu valor fundamental em atividades ligadas ao processo de admissão, onboarding e a demora no processo de validação de documentos admissionais.

Mas como colocar em prática estratégias que resolvam essas questões? Com a ajuda de novas tecnologias que permitem vencer desafios como erros de digitação e o processo manual de input de dados no sistema da empresa.

No relatório "Top 5 priorities for HR leaders in 2022" o Gartner entrevistou mais de 500 líderes de recursos humanos em 60 países para identificar as tendências, prioridades e desafios do setor de RH em 2022. Alguns resultados foram:

  • 33% querem economizar custos;
  • 65% desejam executar transformações de negócios;
  • 51% querem inovar para o sucesso.

Segundo a pesquisa "Top 5 priorities for HR leaders in 2022", 42% dos líderes de RH priorizam o futuro do trabalho. O levantamento leva em conta dores como o maior uso de dados pelos colaboradores, como também resiliência e eficiência.

A Indigosoft – fabricante e integradora de plataformas tecnológicas de alta performance focadas em robotização e Inteligência Artificial – se preocupa em oferecer ao mercado brasileiro uma solução inteligente de automação para a área de Recursos Humanos.

"À medida que as organizações se reinventam, o RH tem como desafio moldar a força de trabalho para gerar vantagem competitiva, como também motivar os próprios colaboradores. E não há nada mais retrógrado e contrário aos tempos de hoje, do que esperar dias para a resolução de problemas simples", explica Fabrício Martins, CEO da Indigosoft.

E, ao falar do amanhã, 27% dos entrevistados pela "US Pulse Survey" da PWC disseram estar remodelando a estratégia geral da força de trabalho. O futuro está na automação e otimização de processos manuais.

Geralmente os profissionais de RH precisam lidar com tarefas lentas e repetitivas, como o lançamento de planilhas de banco de horas, férias ou de horas extras, além do desafio de atender às dúvidas e necessidades dos colaboradores.

Quando se automatiza essas tarefas, o gestor de RH permite que a sua equipe desenvolva habilidades muito mais relevantes para a área, além de diminuir o "copia e cola" e aumentar satisfação e a produtividade da equipe.

"O foco da Indigosoft é criar soluções que trazem forte economia de tempo para os analistas de RH e maior qualidade no atendimento aos seus colaboradores, de uma maneira simples e que o gestor não dependa de outras áreas, como TI, para conseguir implantar as automações. De forma resumida, dizemos que a Indigosoft irá usar os mesmos acessos sistêmicos que um humano teria, não demandando APIs, validações, etc.", conta Martins.

Deixe seu comentário