Alta do ERP na nuvem eleva receita da Oracle em 6% no segundo trimestre fiscal de 2022

0
11

A Oracle Corporation anunciou nesta sexta-feira, 10, os resultados fiscais do segundo trimestre de 2022. As receitas trimestrais totais aumentaram 6% ano a ano, para US$ 10,4 bilhões. As receitas de serviços em nuvem e suporte de licença aumentaram 6%, para US$ 7,6 bilhões. As receitas de licença em nuvem e licença local aumentaram 13%, para US$ 1,2 bilhão.

Os resultados GAAP do segundo trimestre da Oracle foram prejudicados pelo pagamento de um julgamento relacionado a uma disputa de dez anos em torno do emprego do ex-CEO Mark Hurd. Esse pagamento resultou em um prejuízo operacional GAAP no segundo trimestre de US$ 824 milhões e um prejuízo por ação de US$ 0,46. A receita operacional não-GAAP do segundo trimestre aumentou 6%, para US$ 4,9 bilhões, e o lucro por ação aumentou 14%, para US$ 1,21.

As receitas diferidas de curto prazo foram de US$ 7,9 bilhões. O fluxo de caixa operacional foi de US$ 10,3 bilhões durante os últimos 12 meses.

"O lucro por ação não-GAAP da Oracle no segundo trimestre foi de 14%, para US$ 1,21 – superando a orientação em US$ 0,10", disse a CEO da Oracle, Safra Catz. "A receita em moeda constante superou a orientação em US$ 200 milhões. Esses fortes resultados estão sendo impulsionados pelo crescimento de 22% de nossos negócios em nuvem de infraestrutura e aplicativos, que estão se aproximando de US$ 11 bilhões em receita anual. Agora temos 8.500 clientes Fusion ERP com receita crescendo 35%, 28.400 clientes NetSuite ERP com receita crescendo 29% e nossos negócios de infraestrutura Gen2 estão crescendo ainda mais rápido – e acelerando".

"O banco de dados autônomo da Oracle e o novo banco de dados MySQL com HeatWave são os dois bancos de dados de maior desempenho do mundo", disse o chairman e CTO da Oracle, Larry Ellison. "Devido ao seu alto desempenho extremo, os dois produtos apresentam grandes oportunidades de crescimento para o nosso negócio de infraestrutura em nuvem. Os clientes locais do banco de dados Oracle estão escolhendo nosso Banco de Dados Autônomo à medida que migram para a nuvem pública e nosso serviço exclusivo Cloud@Customer. Os clientes do Amazon Aurora estão descobrindo que mudar para o MySQL com HeatWave pode aumentar seu desempenho em mais de dez vezes – com uma redução correspondente no custo. Esses dois bancos de dados sustentarão o mercado de banco de dados e a liderança em tecnologia da Oracle nos próximos anos".

O conselho de administração aumentou a autorização para recompra de ações em US$ 10 bilhões e também declarou um dividendo trimestral em dinheiro de US$ 0,32 por ação ordinária em circulação. Este dividendo será pago aos acionistas registrados no fechamento dos negócios em 7 de janeiro de 2022, com uma data de pagamento em 19 de janeiro de 2022.

Deixe seu comentário