Empresa do Grupo Intel, Mobileye promete tornar veículos autônomos mais acessíveis

0
12

A Mobileye, uma empresa do grupo Intel, apresentou uma prévia da estratégia e tecnologia que permitirão aos veículos autônomos (VAs) cumprir a promessa de chegar a todas as partes do mundo e salvar vidas. Ao longo de duas sessões durante o Consumer Electronics Show desta semana, o presidente e CEO da Mobileye Amnon Shashua irá detalhar como a Mobileye presente liderar o setor de condução autônoma global.

"O apoio da Intel e a nossa abordagem em três frentes permitem a expansão inédita da presença da Mobileye", explica Shashua. "Desde o início, cada parte do nosso plano está focado na expansão geográfica e global em ritmo acelerado – e as novidades de hoje mostram como nossas inovações possibilitam a execução dessa estratégia".

A trindade da Mobileye

Ao falar sobre a abordagem em três frentes da Mobileye, Shashua irá explicar a importância de fornecer uma solução de detecção que seja muito mais capaz do que os motoristas humanos. O executivo irá detalhar como a combinação entre as diversas tecnologia da Mobileye – incluindo a tecnologia de mapeamento REM™ (sigla em inglês para Road Experience Management™), a política de direção RSS (sigla em inglês para Responsibility-Sensitive Safety) baseada em regras e dois subsistemas de detecção verdadeiramente redundantes baseados em câmeras, radares e tecnologia LiDAR de ponta – pode proporcionar uma solução desse nível.

A abordagem da Mobileye resolve o desafio de escala tanto do ponto de vista tecnológico quanto de negócios. Tornar os custos da tecnologia mais acessíveis e alinhados ao mercado para VAs do futuro é fundamental para tornar os planos de expansão global realidade. A solução da Mobileye começa com uma câmera de baixo custo usada como sensor primário combinada a um sistema de detecção secundário verdadeiramente redundante, permitindo um desempenho crítico de segurança pelo menos três vezes mais seguro do que os sistemas humanos. Usando a solução True Redundancy™, a Mobileye é capaz de validar esse nível de desempenho em menos tempo e a um custo menor do que os sistemas tradicionais.

Nova tecnologia de radar e LiDAR

Shashua ainda explicou que a empresa projeta um futuro com VAs equipados com sistemas de detecção e alcance baseados em ondas de luz e de rádio, aumentando ainda mais o nível de segurança nas estradas. As novidades apresentadas pela Mobileye e pela Intel irão fornecer esses recursos avançados de radar e LiDAR para VAs de forma inovadora, ao mesmo tempo otimizando a parte computacional e os custos das soluções.

Conforme descrito por Shashua em sua palestra intitulada "Under the Hood" (ou "Embaixo do Capô", em tradução livre para o português), a tecnologia de radar de imagem definida por software da Mobileye dispõe de 2304 canais, faixa dinâmica de 100DB e nível de lóbulo lateral de 40 DBc que, juntos, permitem que o radar construa um estado de detecção bom o suficiente para a política de condução de apoio à condução autônoma. Com processamento de sinal de última geração e totalmente digital, diferentes modos de varredura, detecções brutas aprimoradas e rastreamento multiquadro, o radar de imagem definido por software da Mobileye representa uma mudança de paradigma na arquitetura, permitindo um salto de desempenho significativo.

Shashua também descreve como a fábrica especializada em fotônica de silício da Intel consegue incluir elementos de laser ativos e passivos em um processador de silício. "Trata-se de algo verdadeiramente revolucionário", afirmou Shashua ao ser questionado sobre o LiDAR em SoC previsto para 2025. "Chamamos isso de circuito fotônico integrado, PIC na sigla em inglês. Ele conta com 184 linhas verticais que são movimentadas por meio de ótica. É muito raro encontrar fábricas capazes de fazer isso. Por isso a Intel possui uma vantagem significativa na construção desses LiDARs."

Mapas globais levam VAs a qualquer lugar

Na palestra de segunda-feira, o executivo explicou o raciocínio por trás da tecnologia de mapeamento colaborativo da Mobileye. Com sua tecnologia exclusiva e inédita, a Mobileye já é capaz de mapear o mundo todo de forma automática e a uma taxa diária de aproximadamente oito milhões de quilômetros. Até o momento, já foram identificados cerca de um bilhão de quilômetros. O processo de mapeamento se diferencia de outras abordagens na atenção a detalhes semânticos, fundamentais para que a capacidade de VA compreenda e contextualize o ambiente em que se encontra.

É importante que os VAs estejam cada vez mais presentes e possam ir a praticamente qualquer lugar a fim de cumprir sua promessa de salvar vidas. O processo de mapeamento automatizado da Mobileye usa tecnologia implantada em quase 1 milhão de veículos já equipados com a tecnologia avançada de assistência ao motorista da Mobileye.

A fim de demonstrar os benefícios escalonáveis desses mapas de VA automáticos, a Mobileye irá levar seus VAs a quatro novas localidades sem, todavia, enviar engenheiros especializados a esses locais. Em vez disso, a empresa irá enviar os veículos às equipes locais de apoio ao cliente Mobileye. Os veículos estarão disponíveis para condução depois de realizados os treinamentos de segurança adequados. Essa mesma abordagem foi usada em 2020 para implantação dos VAs nas cidades de Munique e Detroit, feita em poucos dias.

Deixe seu comentário