Diebold fecha 2015 com queda de 33% no lucro e de 11% na receita

0
0

A Diebold, fornecedora de serviços e sistemas de automação bancária, terminais de pagamento e urnas eletrônicas, anunciou nesta quinta-feira, 11, os resultados financeiros referentes ao quarto trimestre e a todo o ano de 2015. A companhia encerrou 2015 com queda de 33% no lucro líquido, de US$ 114,4 milhões um ano antes para US$ 76,8 milhões. A receita também retraiu, 11%, para US$ 2,4 bilhões, ante US$ 2,7 bilhões, na mesma base de comparação.

Na divisão por segmentos, a receita com serviços somou US$ 1,3 bilhão e a obtida com a venda de produtos totalizou US$ 1 bilhão.

No quarto trimestre, o lucro líquido da companhia foi de US$ 35,7 milhões, alta de 19% em relação aos US$ 30 milhões obtidos no mesmo período de 2014. A receita, por sua vez, recuou cerca de 20%, para US$ 615,4 milhões contra US$ 778,6 milhões. Na divisão por segmentos, a receita com serviços somou US$ 358,3 milhões e a obtida com a venda de produtos totalizou US$ 257,1 milhões.

Na quebra da receita por regiões geográficas, a América do Norte foi a única a apurar crescimento, de 0,7%, para US$ 1 bilhão. Já a América Latina registrou queda de 31,8%, para US$ 492,1 milhões, enquanto a região formada por Europa, Oriente Médio e África (EMEA, na sigla em inglês) somou US$ 393,1 milhões, declínio de 6,7% e a Ásia-Pacífico, queda de 12,1%, para US$ 439,6 milhões.

Deixe seu comentário