Publicidade
Início Segurança Gestão de Risco MC Software alerta para o aumento dos custos com violação de...

MC Software alerta para o aumento dos custos com violação de dados no Brasil

0
Publicidade

A MC Software, empresa especializada em soluções em segurança da informação e  parceiro de software da IBM , alerta para os altos custos ocasionados pela violação e vazamento de dados no Brasil e os prejuízos causados por essa ação.

Para Miguel Carbone, fundador e presidente da MC software explica que “um estudo encomendado pela IBM ao Ponemon Institute (2015 Cost of Data Breach Study: Brazil), em que foram entrevistadas 34 empresas brasileiras, de 12 diferentes setores, aponta que os incidentes de violação de dados custaram R$ 3,9 milhões para as corporações no Brasil em 2015”.

Miguel Carbone

Carbone ressalta que “os custos apresentados nesta pesquisa não são hipotéticos, são números reais gerados por incidentes internos e perda de dados. Todos os custos são baseados em estimativas fornecidas pelos representantes das empresas entrevistadas ao longo de dez meses. De acordo com o estudo, as principais causas das violações são: ataques maliciosos ou criminais (38%), negligência dos funcionários (32%) e falhas no sistema (30%)”.

O estudo aponta ainda que os principais ramos de atividade alvo de roubos de dados são os setores   financeiro, farmacêutico, comunicações, energia, governos, varejo e indústria. “Mas, hoje, as empresas de todos os portes e setores estão vulneráveis e correm o risco de ter suas informações vazadas por descuido ou falta de segurança em seus sistemas”, esclarece.

Diante deste fato, o executivo recomenda às empresas fazerem varredura e acompanhamento constantes nos sistemas de segurança, a começar por uma análise de vulnerabilidade do sistema, que identifique problemas como privilégios desconfigurados, senhas frágeis, mudanças não autorizadas, patches não instalados, entre outros.

“Os bancos de dados das companhias carregam um patrimônio incalculável que, no entanto, é armazenado e acessado sem a devida atenção. A maioria das empresas não utiliza um ambiente seguro para guardar seus bancos de dados”, avalia.

A pesquisa realizada pelo Ponemom Institute, encomendada pela IBM, é realizada há dez anos e essa é a terceira edição no Brasil.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

Sair da versão mobile