Facebook divulga dados de quase 560 contas brasileiras ao governo no segundo semestre de 2013

0
2

O Facebook divulgou nesta sexta-feira, 11, seu segundo relatório de transparência, que traz dados sobre pedidos feitos por governos ou agências oficiais para a restrição ou remoção de conteúdos impróprios, entre julho e dezembro de 2013. Nesta edição, o site traz detalhes de pedidos e páginas que violaram as leis locais e precisaram ser banidas da rede social.

De acordo com o documento, entre os países com mais solicitações estão Índia e Turquia com 4.765 e 2.014 páginas bloqueadas, respectivamente. A informação é reiterada pelos constantes conflitos em ambos os países, sejam por ideologia religiosa ou política. Entre os países mais desenvolvidos, destaque para a Alemanha, com 85 solicitações atendidas, para a Áustria, com 78, e Austrália, que teve 48 pedidos de restrição de conteúdo.

No Brasil, a rede social não precisou entrar em ação efetivamente. Do total de 1.165 solicitações de informações de 1.651 usuários, nenhuma foi restringida. Entretanto, 33,82% das contas foram abertas ao governo. A título de comparação, no semestre anterior, o governo brasileiro fez 715 solicitações de informações de 857 usuários, sendo que 33% foram atendidas.

Deixe seu comentário