GFI investe no mercado brasileiro de prestadores de serviços gerenciados de TI

0
26

Visando o mercado de prestadores de serviços gerenciados, a GFI Software está investindo no mercado brasileiro com o lançamento da ferramenta GFI Max na nuvem, esperando repetir o mesmo sucesso do Team Viewer, seu software de acesso remoto, que soma mais de 100 milhões de usuários em todo o mundo.

A empresa fundada em 2003 foi pioneira da venda de software como serviço (SaaS) e hoje contabiliza mais de nove mil prestadores de serviços em toda sua linha de produtos, com sede na Escócia e  escritórios nos EUA, Reino Unido, Alemanha, Áustria, Austrália, Malta, Hong Kong, Romênia e Filipinas.

A América Latina é atendida a partir da Carolina do Norte. Segundo José Kiko Martins, gerente regional responsável por expandir os negócios na região, a empresa conta com uma estrutura de suporte gratuito que pode treinar os parceiros de forma remota com agilidade; ou dependendo da condição de forma presencial através de parceiros estabelecidos em São Paulo e Curitiba, que ministram inclusive treinamento. Ela tem datacenters espalhados pela Austrália, Canadá, Estados Unidos e Reino Unidos.

"Nosso foco é equipar os prestadores de serviço com as ferramentas que eles precisam para oferecer o melhor serviço possível aos seus clientes, para que possam criar e manter um longo e saudável relacionamento com eles. Um alto nível de satisfação é a melhor vantagem competitiva que um prestador de serviço pode ter, e usar as ferramentas corretas pode ser fundamental para garantir essa satisfação", afirma o Martins.

Mobile

O GFI MAX integra gerenciamento, backup, antivírus, acesso remoto e e-mail seguro para pequenas e médias empresas. Além disso, a empresa está dando foco no mercado mobile, acompanhando a tendência da "consumerização" de TI e do BYOD (do inglês, bring your onw device).

Para esse mercado a empresa está oferecendo o GFI MAX Mobile Device Management (MDM), visando gerar novas oportunidades de receita para os MSP. Segundo a empresa, essa nova solução atende à uma demanda evidenciada por uma pesquisa recente realizada com clientes da empresa, que identificou que apenas 28% dos prestadores de serviços pesquisados estão cobrando pelo gerenciamento mobile de seus clientes.

O lançamento do GFI MAX MDM ocorre após a GFI adquirir a VizualMobile, uma plataforma multigerencial de dispositivos móveis na nuvem. A solução estará disponível em três diferentes níveis, permitindo aos MSP fornecer aos seus clientes as ferramentas que eles precisam para gerir os dispositivos móveis que já estejam em uso em suas redes com um novo espaço para expansão conforme suas necessidades.

Todos os MSPs que já usam a plataforma GFI MAX poderão inscrever os dispositivos de seus clientes em suas redes e fornecer um acesso básico às informações, sem nenhum custo adicional. Esse acesso oferece informações estratégicas para o gerenciamento de dispositivos móveis, fundamental para as empresas hoje.

Outra pesquisa realizada pela GFI descobriu ainda que 95% dos respondentes utilizam conexões wi-fi abertas e públicas pelo menos uma vez por semana para realizar atividades relacionadas ao trabalho, como enviar e receber e-mails, revisar e editar documentos e acessar os servidores da empresa. Apesar disso, quase 20% dos aparelhos móveis corporativos não possuem nenhum tipo de software de segurança, e menos de 25% disseram trabalhar com políticas de segurança corporativa aplicadas em seus dispositivos.

O GFI MAX MDM possui uma série de dispositivos de segurança tais como bloqueio e desbloqueio remoto, limpeza de dados remota, capacidade de alterar o número do pin e, opcionalmente, localizar o aparelho, garantindo a segurança de dados importantes mesmo em caso de roubo ou perda. Outras funcionalidades dirigidas aos empregadores incluem provisionamento automático, capacitando os administradores a configurar e-mails, WiFi, VPN e garantir o cumprimento de outras políticas de gestão de aparelhos, tudo isso diretamente da plataforma. Os usuários também terão acesso a relatórios mais aprofundados sobre as funcionalidades e configurações mais usadas, podendo oferecer aos seus clientes novas percepções e propostas de uso para todos os aparelhos móveis registrados na rede.

Deixe seu comentário