Ações da BlackBerry têm forte alta após anúncio de aquisição da britânica Movirtu

0
0

O anúncio feito pela BlackBerry nesta quinta-feira, 11, de que adquiriu a Movirtu, fornecedora britânica de soluções de identidade virtual para operadoras de telefonia móvel, animou Wall Street. Apesar de as ações da empresa abrir o pregão da Nasdaq em ligeira queda de 0,38%, cotadas a US$ 10,23, logo começaram a operar em alta, que permaneceu durante toda a tarde, atingindo pico de 5,16%, às 16h40 (horário de Brasília), com os papéis negociados a US$ 10,80. As ações da empresa encerraram o pregão valendo US$ 10,77, alta de 4,86%.

Em seu blog oficial, a fabricante canadense detalha que, com a plataforma SIM Virtual Movirtu, os funcionários podem ter dois números de telefone em um único dispositivo, que se divide entre o uso corporativo e pessoal. Com isso, a empresa afirma que terá uma vantagem única na melhoria da eficiência e conveniência dos modelos BYOD (bring your own device, ou traga seu próprio dispositivo) e COPE (corporate-owned, personally enabled ou "de propriedade da empresa, pessoalmente habilitado"), quando os funcionários usam dispositivos sancionados pela organização, em vez de usar seus próprios dispositivos para o trabalho.

A empresa diz ainda que a aquisição complementa soluções como o Secure Work Space e o BlackBerry Balance, e outras tecnologias de particionamento, que dão aos funcionários liberdade e privacidade para o uso pessoal dos aparelhos e oferecem a segurança e o gerenciamento necessário para o uso corporativo. Com a Movirtu, os funcionários podem alternar entre os perfis para realizar chamadas, utilizar o plano de dados e enviar mensagens tanto em suas redes locais como em roaming.

"Nossa estratégia é ampliar as soluções e serviços que permitem aos nossos clientes a abraçar plenamente o potencial de mobilidade corporativa da BlackBerry", declarou John Sims, presidente da divisão de Serviços Corporativos da BlackBerry. Ainda de acordo com a empresa, os novos recursos do SIM Virtual da Movirtu serão oferecidos através de operadoras de telefonia móvel para todos os principais sistemas operacionais de smartphones. O valor do negócio, no entanto, não foi divulgado.

Deixe seu comentário