Brasília ganha 1º hub de inovação instalado em uma empresa de medicina diagnóstica

0
26

Fortalecer continuamente o ecossistema de inovação no País, estimular uma mentalidade mais empreendedora, criativa e disruptiva, e acelerar a transformação digital do setor de saúde. Estes são alguns dos objetivos do mais novo projeto do Grupo Sabin: Skyhub.bio, o primeiro hub de inovação dentro de uma empresa de medicina diagnóstica no Brasil, que vai conectar startups, acadêmicos, empresas e investidores, e fomentar desenvolvimento do empreendedorismo no Brasil.

Fundado em Brasília, o espaço oferece infraestrutura física e uma programação especial para healtechs, biotechs e medtechs. Além do acesso a expertise em saúde dos profissionais do Sabin, as startups também poderão se conectar a pesquisadores, fornecedores e outros empreendedores. Há ainda a possibilidade dessas empresas se tornarem fornecedores do Grupo e também conhecerem de perto o modelo de gestão e os projetos em desenvolvimento da empresa.

Outro diferencial deste hub é que está inserido em uma empresa que tem a inovação no DNA. "O Grupo Sabin é referência pela cultura empreendedora de alta performance e pelo protagonismo de nossos colaboradores na construção de nossa sede e nossas mais de 296 unidades no país. Este é mais um passo importante do Sabin. É também uma oportunidade singular que estamos dando para que estes novos empreendedores possam conferir mais de perto a nossa cultura organizacional e conhecer as especificidades e necessidades da cadeia produtiva da saúde, apoiando no desenvolvimento de novos produtos e serviços", destaca a presidente executiva do Grupo Sabin, Lídia Abdalla.

A executiva reitera ainda que hoje o setor de saúde é um dos que mais impulsiona movimentos tecnológicos e destaca as plataformas que permitem a integração da cadeia e da gestão das informações de saúde até a decisão clínica. "O mundo corporativo segue investindo fortemente nos modelos de negócios que otimizam a gestão da saúde, implementando novas tecnologias que conduzem às decisões assertivas nos cuidados centrados no paciente e também nos aspectos relacionados à sustentabilidade do setor. Nossa intenção com mais este projeto é contribuir para que as startups consigam construir seus ecossistemas e assim, agregar valor à todo esse sistema de inovação", destaca a executiva.

Em respeito às principais diretrizes de saúde e para evitar aglomerações, a primeira etapa de engajamento será feita de forma totalmente virtual, com atividades de educação e networking, desenvolvidas dentro dos canais do grupo. A segunda etapa será estruturada dentro do hub quando houver a liberação das restrições relacionadas à pandemia.

Grupo Sabin: Inovação no DNA

"O primeiro passo para acelerar é dar poder à inovação". A declaração é do criador do Business Model Canvas, Alexander Osterwalder, referência global em inovação e ecoa como um mantra no mundo corporativo. Mas apostar nas soluções que nascem de mentes brilhantes não é novidade para o Sabin. Desde 2009, a empresa investe continuamente no desenvolvimento de uma cultura de inovação, estimulando a participação de colaboradores em projetos, pesquisas técnico-científicas e desenvolvimento de novos produtos e serviços, assim como modelos de negócio e parcerias. É este estímulo às inovações que permite ao Sabin cumprir sua missão de oferecer serviços de saúde com excelência e reforçar seu compromisso com seus mais de 5 milhões de clientes, comunidade médica e stakeholders.

Este mês, o Grupo Sabin e o Grupo Fleury anunciaram a criação em conjunto do Kortex Ventures, o fundo de investimentos que já é um dos maiores do Brasil e deve prover aportes de R? 200 milhões em startups nacionais e estrangeiras, com foco em empresas de tecnologia para saúde, em até 4 anos. As startups terão acesso à rede de relacionamentos e estrutura técnica e científica das áreas de P&D da companhia. "O investimento no Kortex é mais uma etapa do plano do Grupo Sabin para fortalecer o ecossistema de saúde, posicionando a empresa como parceira estratégica de empreendedores e de negócios. Além do investimento, buscamos entregar uma plataforma de conhecimento, desenvolvimento e validação de tecnologias, produtos e serviços com maior velocidade e consistência. Nosso objetivo é apoiar empresas que transcendam a medicina diagnóstica, contribuindo com soluções inovadoras para os cuidados integrados da saúde", destaca Lídia Abdalla, presidente do Grupo Sabin.

Em julho deste ano, o Sabin anunciou também o aporte de 12% feito na Prontmed, empresa que oferece soluções para gestão de saúde populacional e integra consultórios, hospitais, laboratórios e operadoras/seguradoras. O aporte faz parte da filosofia de integração com a cadeia produtiva em saúde para gerar valor para o paciente e reafirma a dedicação do Sabin em apostar nas soluções essenciais para a tomada de decisão na gestão de saúde. O Sabin também investiu na Amparo Saúde, empresa especializada em Atenção Primária à Saúde (APS), e ampliou sua proposta de valor para empresas e operadoras nos cuidados com seus colaboradores e beneficiários, contribuindo com a sustentabilidade do setor. Foi também em parceria com a Amparo Saúde, que o Sabin inaugurou a primeira unidade de Atenção Primária à Saúde (APS) in company, como projeto-piloto na sede, em Brasília.

Reforçando o compromisso de garantir a melhor experiência do cliente e potencializando sua eficiência operacional, o Sabin investiu na bem.care, startup que disponibiliza serviços de saúde por assinatura. Como empresa de alma feminina, o Sabin também busca engajar a liderança das mulheres no universo das startups, e é uma das investidoras da Women Entrepreneurship (WE), projeto da Microsoft que inspira o empreendedorismo de startups lideradas por mulheres. A empresa também investiu na Qure Venture Capital, empresa que faz parte do fundo de investimento israelense Ourcrowd – uma plataforma de crowdfunding de capital líder para investir em startups globais.

Deixe seu comentário