Vivo escolhe a VMware para compor rede telco-cloud para aplicações 5G

0
2

Com os avanços na implantação da rede 5G no Brasil, a Vivo tem investido na modernização de aplicações e infraestrutura de rede com a plataforma Vivo Telco Cloud. Ela permite que a Vivo integre, implante e gerencie funções virtuais de rede (VNFs), e funções nativas de nuvem (CNFs).

Frente aos desafios de otimizar requisitos de confiabilidade, velocidade e agilidade de expansão, a Vivo elaborou uma abordagem inovadora para a modernização da sua rede. A Vivo Telco Cloud passou por dois anos de testes laboratoriais, reuniões e discussões técnicas para definir o melhor formato para modernizar aplicações e habilitar novas experiências de uso com a conectividade do 5G. Para isso, foi necessário o uso de infraestrutura definida por software, automatizada e virtualizada, com base nas tecnologias NFV e CNF, uma abordagem que habilita o uso de containers em redes de telecomunicações.

Como parceira de tecnologia da Vivo, a equipe da VMware se concentrou, nos últimos 24 meses, em demonstrar as capacidades técnicas da solução VMware Telco Cloud Platform utilizadas ao redor do mundo para otimizar arquiteturas 4G e 5G. Provadas em ambientes de produção ao longo do período, as tecnologias permitiram a aceleração da conectividade 5G, ao mesmo tempo em que servem como ponte para a otimização da rede 4G já existente.

Para que o impacto fosse imperceptível na estabilidade das redes Vivo, a implantação do ambiente produtivo foi dividida por etapas. Primeiramente, foi feita a preparação de todo o local, com a instalação de equipamentos de rede, servidores, software e customizações. Atualmente em andamento, a etapa seguinte contempla a implementação das tecnologias de VNF e CNF.

Além disso, para que o projeto seja entregue por completo, a NTT Ltd., empresa global líder em serviços de tecnologia, parceiro de telecomunicações da VMware, será responsável por realizar o Project Management Office (PMO), a integração entre os sistemas, o suporte em todas as camadas previstas e a definição das redes.

Deixe seu comentário