Verdi e Bassi, ex-SAP, passam a integrar Conselho da Fast Channel

0
55

A Fast Channel, plataforma de e-commerce B2B para indústrias de médio a grande porte, anuncia a participação de Carlos Bassi e Luis Cesar Verdi (foto), ambos ex-SAP, no conselho consultivo da companhia. Os dois se juntam ao empresário Marcio Kakumoto, indicado pelo fundo investidor e sócio desde 2016. Com mais de 20 anos de atuação, a empresa é especializada em estratégias e processos digitais para pulverizar a carteira de clientes da Indústria e potencializar seus canais de venda B2B.

Visando acelerar o crescimento da empresa, a iniciativa de ampliar o Conselho mira desde as questões operacionais até as mais estratégicas sobre posicionamento e atuação da marca. Implementado em outubro, em seus primeiros meses, o conselho focou sua atuação no entendimento do histórico da empresa, seu modelo de negócios e desafios. A partir de 2021, concentra-se na visão estratégica, nos planos de crescimento, canais de venda e na conquista de novos mercados.

Luis Cesar Verdi, ex-chief Customer Officer Latam da SAP, ex-Presidente da SAP Brasil, atualmente Fundador e CEO da Timbre Digital, fundamenta sua participação no projeto de crescimento da empresa no segmento e-commerce B2B a partir da perspectiva do cliente. "A Fast Channel tem uma proposta de valor muito interessante, de simplificar a vida comercial das indústrias fazendo com que ganhem produtividade e aumentem as vendas", destaca Verdi.  

Para Carlos Bassi, hoje à frente da startup Quoretech, anteriormente General Manager de soluções digitais da GE Renewable Energy e Solution Engineering Director da SAP, a Fast Channel tem ainda muito espaço para crescer. "A empresa tem uma história longa e um capital intelectual muito grande, mas neste ponto de aceleração do crescimento, contar com a experiência de quem já vivenciou esse momento é essencial", explica Bassi.

Entre os serviços oferecidos pela Fast Channel estão a plataforma de e-Commerce B2B para indústria ou distribuidor vender direto ao varejo, o marketplace privado B2B com Cadeia Integrada, pelo qual a indústria se integra ao canal de venda – sejam distribuidores, atacadistas ou revendas, para juntos venderem ao varejo (PDV), e, por último, o marketplace B2B, operado por um distribuidor ou franqueador, que conecta várias indústrias que entram como sellers no portal B2B, para atender varejistas ou franqueados.

Deixe seu comentário