Vendas no Brasil ajudam atenuar queda na receita da Ingram Micro no terceiro trimestre

0
0

A Ingram Micro, uma das maiores distribuidoras de produtos de TI do mundo, encerrou o terceiro trimestre deste ano com lucro líquido de US$ 64,9 milhões, o que representa uma queda de cerca de 10% em relação aos US$ 72,2 milhões registrados em igual período de 2014. Na mesma base de comparação, a receita totalizou US$ 10,5 bilhões ante US$ 11,2 bilhões, recuo de 6%.

Na quebra da receita por região mundial, a América Latina foi a que registrou o maior crescimento em dólar, de 11%, com receita de US$ 582,2 milhões contra US$ 524,9 milhões. O resultado é atribuído pela empresa ao forte crescimento das vendas no México e no Brasil, bem como à contribuição de recentes aquisições. A rentabilidade na região permanece sólida. Entretanto, com exceção também da região Ásia-Pacífico, cuja receita subiu 6%, as regiões da América do Norte e da Europa registraram queda de 13% e 8%, respectivamente.

Durante o trimestre, a Ingram Micro pagou o primeiro dividendo aos acionistas e realizou uma recompra de mais de US$ 160 milhões em ações. "Nosso foco em melhorar o capital de giro está dando resultados e esperamos gerar mais de US$ 1 bilhão de fluxo operacional de caixa neste ano, mesmo aplicando capital para suportar o crescimento das vendas no quarto trimestre, sazonalmente mais forte", disse Alan Monie, CEO da Ingram Micro

Entre os planos da companhia para o quarto trimestre está o de alavancar a infraestrutura global por meio de parcerias que acelerem o crescimento e a rentabilidade da empresa, em consonância com a estratégia de expansão nas áreas de maior valor e de serviços, segundo Monie.

Deixe seu comentário