Huawei divulga estratégia de crescimento

0
174

A Huawei realizou a sua 18ª Conferência Global de Analistas em Shenzhen nesta segunda-feira,12. Na ocasião, Eric Xu (foto), presidente rotativo da Huawei, compartilhou as iniciativas estratégicas para o crescimento  futuro da organização e tecnologias prioritárias. De acordo com o presidente, a Huawei: otimizará seu portfólio para aumentar a resiliência dos negócios; como parte desses esforços, fortalecerá seus recursos de software e investirá mais em negócios que dependam menos de técnicas avançadas de processo e em componentes para veículos inteligentes.

Irá maximizará o valor do 5G e definirá o 5.5G com pares do setor para impulsionar a evolução da comunicação móvel. Proporcionará uma experiência inteligente, integrada e centrada no usuário em todas as situações. Pretende inovar para reduzir o consumo de energia, contribuindo para um mundo com baixas emissões de carbono e enfrentará desafios de continuidade de fornecimento.

"Para colocar o setor de volta nos trilhos, é essencial reconquistar a confiança e restabelecer a colaboração em toda a cadeia de suprimentos", ressalta Eric Xu. "Daqui para frente, continuaremos a atuar um ambiente global complexo e volátil. O ressurgimento da covid-19 e as incertezas geopolíticas trarão desafios constantes para todas as organizações, negócios e países. Acreditamos firmemente na capacidade que a tecnologia digital tem de apresentar soluções novas para os problemas que todos enfrentamos. Por isso, continuaremos inovando e promovendo a transformação digital com nossos clientes e parceiros para levar recursos digitais para todas as pessoas, lares e organizações, contribuindo para um mundo inteligente e totalmente conectado."

Já William Xu, diretor do conselho e presidente do Instituto de Pesquisa Estratégica da Huawei, falou sobre a perspectiva da Huawei para o mundo inteligente de 2030, incluindo nove desafios de tecnologia, e propôs rumos para os esforços de pesquisa. São eles:

Definir o 5.5G para oferecer suporte para centenas de bilhões de tipos de conexões.

Desenvolver a tecnologia óptica em nanoescala para possibilitar um aumento exponencial na capacidade da fibra.

Otimizar protocolos de rede para conectar tudo.

Fornecer capacidade de processamento avançada e preparada para apoiar o mundo inteligente.

Extrair conhecimento de conjuntos massivos de dados para promover avanços na IA industrial.

Ir além da arquitetura de von Neumann para possibilitar sistemas de armazenamento 100 vezes mais densos.

Aliar processamento e sensoriamento para permitir uma experiência multimodal de hiper-realidade.

Possibilitar que as pessoas gerenciem sua saúde mais proativamente por meio do automonitoramento contínuo de sinais vitais.

Desenvolver uma Internet da Energia inteligente para viabilizar a geração, o armazenamento e o consumo de eletricidade mais sustentável.

Deixe seu comentário