XP adotará trabalho remoto para todos colaboradores até final do ano

0
0

A XP Inc., uma das principais instituições financeiras do país, anuncia nesta quarta-feira,13, que a prática do trabalho remoto (home office) passará a ser a nova rotina da empresa ao menos até o fim do ano, com o prazo podendo ser ampliado de forma permanente. O objetivo é ter praticamente todos os seus 2.700 colaboradores diretos podendo trabalhar remotamente, em razão dos benefícios em qualidade de vida, sustentabilidade e eficiência. A medida torna a XP a primeira grande empresa no Brasil a adotar essa nova forma de trabalho como uma opção para todos os seus colaboradores. A companhia deverá contratar ainda este ano cerca de 600 profissionais em diversas áreas, principalmente em tecnologia.

A nova realidade que estamos vivenciando aponta para uma mudança dos tradicionais espaços físicos, segundo Guilherme Sant'Anna, sócio e responsável pela área de Gente & Gestão da XP Inc. "O mais importante é garantir as melhores condições de trabalho aos nossos colaboradores. As medidas serão adotadas de acordo com a conveniência e necessidade de todos, a fim de assegurar a melhor adaptação ao novo modelo. Já somos uma empresa 100% digital, sem a dependência de o cliente nos visitar em uma 'agência'.

Seguiremos com presença nas principais cidades do Brasil, por meio dos agentes autônomos parceiros, além dos escritórios nos principais centros financeiros do mundo. A nossa cultura permitiu um ajuste rápido ao cenário atual e a experiencia está nos trazendo uma série de aprendizados que podem se transformar, de fato, em uma nova maneira de encarar a vida corporativa na XP. Afinal, as pessoas terão mais qualidade de vida e, acima de tudo, poderão trabalhar de onde preferirem, seja no Brasil ou no exterior. Contribuiremos com a sustentabilidade dado a redução de deslocamentos e viagens. Será transformacional em todos os aspectos", disse.

A decisão foi baseada em estudos internos e pesquisas de satisfação com os colaboradores e clientes. Os números mostraram que o trabalho remoto é eficaz e eficiente na condução dos negócios da companhia, seja em termos de qualidade de vida, sustentabilidade ou performance. Durante a quarentena, houve melhora dos índices de satisfação dos funcionários e dos clientes, medidos pelos indicadores ENPS (Employee Net Promoter Score) e NPS (Net Promoter Score), respectivamente.

Para Sant'Anna, a melhora na satisfação dos funcionários deve-se a uma série de ações tomadas pelas empresas da XP Inc. para amparar os funcionários e lhes dar as melhores condições possíveis de trabalho. "Aprendemos muito nos últimos dois meses e vimos nossas equipes se unirem de suas casas para manter a empresa avançando de forma nunca vista. Além disso, o fato de estarem mais próximos da família nesse momento tão difícil faz com que todos se sintam mais motivados", declara.

No futuro, a empresa estuda transformar os escritórios atuais em escritórios-conceito, que servirão de apoio para demandas específicas de treinamentos de colaboradores, dinâmicas presenciais, recepção e clientes e parceiros, entre outras. "E a tendência, agora, é não termos mais espaço ocupado por estações de trabalho fixas na XP. Temos os próximos meses para definir o novo modelo de trabalho que, com certeza, será melhor para os nossos colaboradores", destaca Sant'Anna.

Para Guilherme Benchimol, fundador e CEO da XP Inc., a premissa para a Companhia levar essa ideia adiante é garantir maior qualidade de vida aos colaboradores e contínuos benefícios para os clientes e a sociedade em geral. "Na XP, sempre tivemos orgulho da nossa capacidade de nos transformarmos e nos adaptarmos rapidamente. Temos agora mais uma chance de provar que somos capazes de continuar nos reinventando e seguir transformando o mercado financeiro para melhorar a vida das pessoas", afirma.

Deixe seu comentário