Goldman Sachs será responsável por coordenar IPO do Twitter

0
7

O banco de investimentos Goldman Sachs foi escolhido como responsável para coordenar a oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) do Twitter, segundo informou o jornal britânico Financial Times nesta sexta-feira, 13. Após muitas especulações, a rede de microblogs finalmente entrou com pedido de abertura de capital na Securities and Exchange Commission (SEC), órgão regulador do mercado de capitais dos Estados Unidos, na última quinta-feira, 12.

O Goldman Sachs ganhará a maior parte das taxas com as vendas de ações, embora o Twitter ainda deva acrescentar outros bancos na lista de subscritores, incluindo o Bank of America Merrill Lynch. Estimativas da consultoria especializada em serviços financeiros Freeman & Co sugerem que, se a rede de microblogs vender 10% de suas ações, os bancos podem dividir taxas entre US$ 40 milhões e US$ 50 milhões.

A vitória do banco de investimentos americano é um revés para o Morgan Stanley, que tem sido visto com maus olhos por investidores após sua participação conturbada no IPO do Facebook, em maio do ano passado. O banco foi multado em US$ 5 milhões por ter exercido uma "influência imprópria" sobre os analistas que avaliavam os papéis da empresa na época da abertura de capital da rede social.

Deixe seu comentário