Aeroporto de Foz do Iguaçu reforça segurança em controle de acesso

0
57

A HID Global e a Augeo Engenharia Elétrica e Eletrônica se uniram para implementar um novo projeto de sistema de segurança no Aeroporto Internacional de Cataratas, em Foz do Iguaçu, no Paraná. Em funcionamento desde 1974, o aeroporto é localizado em uma área estratégica para o Mercosul, próximo ao Paraguai e Argentina, além de estar na cidade de Foz do Iguaçu, onde o turismo é a principal atividade. Esses fatores geram alta circulação de pessoas e, de acordo com dados da Infraero, só no primeiro trimestre de 2013 foram registrados 1.677.460 milhões de passageiros e 5.981 mil aeronaves no total.

Nesse cenário, foi necessária a elaboração de um projeto de sistemas de segurança rigorosos para garantir proteção principalmente às áreas restritas, e que atendesse às especificações de integração requeridas pela Infraero. "Para nós da HID Global Brasil, este projeto destaca-se pela aplicação de controle de acesso com uso de leitores e cartões iCLASS. Estes cartões possuem tecnologia de autenticação mútua, garantindo desta forma ao cliente final e a todos os usuários que fazem uso do sistema, mais segurança no uso de um smart card (cartão inteligente)", diz Gustavo Gassmann, diretor de vendas da HID Global.

Foram implementados 123 leitores de cartões no total, 36 com um fator de autenticação, 41 com dois fatores e 46 com três fatores. Os fatores de autenticação representam os níveis de segurança das áreas restritas, sendo o primeiro referente apenas à proximidade, o segundo à proximidade e senha, e o terceiro à proximidade, senha e biometria, fornecendo acesso intransferível e exclusivo à pessoa autorizada. Essa estratégia dos três níveis de autenticação foi adotada exatamente para deixar o acesso mais rigoroso e evitar possíveis falsificações e invasões.

Um dos principais desafios era encontrar uma solução de controle de acesso que se integrasse completamente com todos os outros sistemas do aeroporto, como prevenção/detecção de incêndio, informativo de voo, base de dados e entre outros; a tecnologia da HID Global suporta essa exigência, pois permite a integração com as outras interfaces e isso faz do aeroporto um pioneiro em sistemas integrados. "Além de cumprir com as condições técnicas do projeto, a solução da HID Global é a mais adequada em termos de segurança, pois a tecnologia iCLASS fornece mais proteção contra fraudes, tendo em vista que outras tecnologias podem ser burladas com mais facilidade" afirma Marcelo Stege, diretor comercial da Augeo Engenharia, que ficou responsável por realizar a integração dos sistemas.

A HID Global assina o projeto com a solução de controle de acesso, enquanto os outros sistemas serão dos parceiros envolvidos, entre eles a Honeywell, com sistemas de controle de acesso e integração, sistemas de circuito fechado de TV, sistemas de automação, sensores e válvulas para o ar-condicionado, a Securiton, com sistema de detecção e alarme de incêndio e a Augeo Engenharia como integradora.

Ela tem expertise no segmento aeroportuário, segmento que estão trabalhando junto com as empresas responsáveis pela privatização dos aeroportos brasileiros. ''`Por exemplo, o Aeroporto do México, por onde circulam 12 milhões de passageiros anualmente, usa nossas soluções'', enfatiza Gassmann.

A HID é uma marca do grupo Assa Abloy, como sede em Austin, no Texas, com experiência centenária no setor de segurança. Outras empresas do grupo são a Actividentity (smart card), Fargo (impressão de cartões em PVC e policarbono). LaserCard , que detém uma tecnologia de uma tarja ótica, usada em identidade pessoal nos Estados Unidos, por exemplo. A La Fonte, conhecida empresa da área de fechaduras, também pertence ao grupo. A HID Global tem mais de 2,2 mil colaboradores no mundo e opera com escritórios internacionais que suportam mais de 100 países.

 

Deixe seu comentário