Empresas chinesas de internet movem processo de US$ 50 milhões contra Baidu por pirataria

4
6

O Baidu, maior site de buscas da China e que acaba de iniciar suas operações no Brasil, está sendo processado em 300 milhões de yuans (o equivalente a US$ 50 milhões) por pirataria. A ação judicial foi movida por um grupo formado pelas empresas chinesas de internet Tencent Holdings, Sohu.Com, Youku Tudou e Dalian Wanda Group, segundo informa o The Wall Street Journal.

As empresas alegam que quatro serviços executados pelo Baidu em desktops e smartphones permitem aos usuários acessar programas e filmes que são licenciados para emissoras de TV ocidentais e chinesas. O grupo afirma ainda, que, em alguns casos, o Baidu os direciona para sites que hospedam conteúdo pirata.

Em resposta, o Baidu disse que promove conteúdo legal e tem um sistema automático para filtrar conteúdos ilegais, mantendo uma equipe que trabalha 24 horas por dia para atender reclamações. "O Baidu sempre atribuiu grande importância à proteção de direitos autorais na indústria de vídeo online", afirmou a companhia ao jornal americano nesta quarta-feira, 13.

4 COMENTÁRIOS

  1. A resposta da Baidu para o assunto deve ter sido pirateada da internet, porque a resposta foi padrão. Ninguém move uma ação na justiça de R$ 50 milhões por nada. Onde tem fumaça tem fogo.

  2. Não confio na baidu há muito tempo. Depois que tive meu note invadido e arruinado pelo programa malicioso que se diz antivírus, mas que na verdade é um malware que só serve pra abrir portas pra outros vírus invadirem e roubarem senhas e clonarem cartões de crédito!

Deixe seu comentário