Governo de SP vai investir R$ 1,5 bi em tecnologia para escolas estaduais

0
71

O governo do Estado de São Paulo anunciou nesta quarta-feira,13, o programa Conecta Educação, que conta com investimentos de R$ 1,5 bilhão em um pacote de tecnologia que inclui a compra de notebooks, desktops, Wi-Fi, estabilizadores, TVs, entre outros itens para melhorar a conectividade nas 5,1 mil escolas da rede estadual. A licitação foi realizada em parceria com Prodesp, empresa de tecnologia do Estado.

O Conecta Educação faz parte do Plano de Inovação Tecnológica da Secretaria da Educação, que conta com o apoio do Cieb (Centro de Inovação para a Educação Brasileira).

No início do ano letivo de 2021, as unidades, Diretorias de Ensino e órgãos administrativos que integram a Secretaria da Educação vão receber 269 mil notebooks, 87 mil desktops, 61 mil kits do Centro de Mídias (kit com TV, suporte, estabilizador etc), 5,2 mil carrinhos tecnológicos (plataforma de carregamento móvel), 65 mil kits Wi-Fi com roteador e 3,5 mil tablets educacionais para escolas com alunos portadores de necessidades especiais.

A pasta também vai investir na estrutura tecnológica do Centro de Mídias e estúdios localizados na Escola de Formação de Professores (Efape) e na TV Cultura. Lançado em abril, o Centro de Mídias é a plataforma utilizada pela Secretaria da Educação para transmitir as aulas mediadas por tecnologia.

Chips para celulares

O Estado já havia anunciado a distribuição de 750 mil chips de telefone celular para alunos, professores e servidores da rede estadual. Serão 250 mil unidades mensais destinadas a professores e servidores, com 5 Gigas de internet, além de acesso a ligações e mensagens de SMS. Os 500 mil chips mensais para os alunos terão 3 Gigas e vão atender estudantes mais vulneráveis. Para garantir este benefício, o Estado vai investir R$ 75 milhões.

Outra iniciativa é o programa Professor Conectado, que vai auxiliar professores a comprar 161 mil computadores (desktops ou notebook) ou tablets, subsidiando o valor máximo de R$ 2 mil.

Deixe seu comentário