Conexões LTE se aproximam de 2 bilhões

0
0

A 5G Americas anunciou que a tecnologia LTE mantém a trajetória de crescimento. Utilizando dados da Ovum, a instituição registra que a tecnologia reuniu 1,9 bilhão de conexões no final de 2016 e passou o marco de 2 bilhões de conexões em fevereiro de 2017.

A região da América do Norte registrou praticamente 300 milhões de assinaturas LTE até o final de 2016 com algumas das maiores taxas de penetração, e a maior cobertura e participação de mercado para a LTE no mundo.

A tendência é que a expansão continue no mundo inteiro, atingindo o marco de 3 bilhões de conexões em 2018, 4 bilhões em 2020 (Ovum) e 5 bilhões em 2022 (5G Americas).

Na América do Norte, a LTE registrou 298 milhões de conexões e penetração de 83%, comparado com uma população de 360 milhões. Essa taxa de penetração pode ser comparada com a Europa Ocidental, a segunda região no ranking, com 47%, e a Oceania e o Leste e Sudeste Asiático, com uma taxa de penetração de 46%. A taxa penetração da LTE na América do Norte deve passar 100% em 2018.

Além de registrarem uma taxa de penetração muito maior, os EUA e o Canadá possuem a maior participação de mercado da LTE em comparação com todas as tecnologias móveis, com 65%, contra 41% da Oceania e Leste e Sudeste Asiático e 35% na Europa Ocidental. A participação de mercado representa a porcentagem de conexões móveis sem fio que dependem da tecnologia LTE, comparada com todas as outras tecnologias móveis.

A participação de mercado da LTE aumentou de 7,7 para 17% até o final de 2016, crescendo mais de 100% na região da América Latina e do Caribe.  Na região, a LTE cresceu 21% em apenas um trimestre (3T 2016 para 4Q 2016), mostrando um desempenho muito forte em apenas três meses.

Deixe seu comentário