TIM reforma programa de coleta de lixo eletrônico em suas lojas

1

Em linha com seu compromisso com as melhores práticas ambientais, sociais e de governança (ESG, na sigla em inglês), a TIM reformulou seu programa de coleta de resíduos eletrônicos e, em dois meses, já recolheu mais de 2 toneladas de materiais.

A operadora instalou urnas de recolhimento em mais de 150 pontos de todo o Brasil, como lojas próprias – facilmente acessíveis para qualquer pessoa – e prédios administrativos, com foco em colaboradores e prestadores de serviço da companhia.

Nestes locais, podem ser descartados diversos tipos de lixo eletrônico, como smartphones, baterias, fones de ouvido, carregadores, cabos, chips e embalagens de telefones. Os produtos são recolhidos periodicamente por uma empresa parceira, que transporta e faz a destinação final para cada item, seguindo as premissas ambientais, dependendo da classificação dos resíduos.

Vale ressaltar que gestão eficiente e responsável de resíduos sólidos está prevista nos objetivos assumidos pela TIM no Plano ESG 2021-23. A meta da operadora é reciclar mais de 95% dos resíduos decorrentes de suas operações até 2025.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui