Facebook vai operar como bolsa de bitcoin e tentar se firmar como meio de pagamento

1
11

O Facebook está se preparando para prestar serviços financeiros na forma de dinheiro eletrônico na Europa, similar às bolsas de bitcoin (moeda virtual). Segundo informações do jornal britânico Financial Times, a rede social está há apenas algumas semanas de obter aprovação do Banco Central da Irlanda para se tornar uma instituição "e-money", sendo que, para tal, precisa dispor de um capital de 422 mil euros.

A estratégia da rede social com isso é tentar ganhar espaço também como meio de pagamento. Por meio do serviço, os usuários poderão guardar dinheiro no Facebook para utilizá-lo em pagamentos online e na transferência para outros usuários.

De acordo com pessoas envolvidas nas negociações, a rede social já discutiu possíveis parcerias com a TransferWise , Moni Technologies e Azimo, três startups de Londres que oferecem serviços internacionais de transferência de dinheiro online e via smartphones.

"O Facebook quer se tornar um utilitário no mundo em desenvolvimento, e as remessas são uma porta de entrada para a inclusão financeira", disse uma pessoa familiarizada com a estratégia da empresa . Nos Estados Unidos, a rede social já está autorizada para realizar algumas formas de transferência de dinheiro eletrônico, permitindo processar pagamentos a desenvolvedores que cobram usuários pela compra de aplicativos.

Apesar da novidade, ainda não está claro se os usuários vão confiar no Facebook para lidar com o seu dinheiro, dadas as preocupações sobre a mineração de dados pessoais feita pelo site para aumentar a publicidade no mesmo. De qualquer forma, a notícia agradou os investidores. As ações da rede social abriram o pregão desta segunda-feira, 14, na Nasdaq, em alta de 2,76%, cotadas a US$ 60,15, atingindo, às 12h (horário de Brasília), pico de US$ 60,37, alta de 3,14%. Momentos antes do fechamento do pregão, no entanto, os papéis da empresa caíram 1,17%, mas encerraram o dia com ligeira alta de 0,34%, negociados a US$ 58,73.

Procurado pela reportagem de TI INSIDE Online, o Facebook afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa no Brasil, não ter informações se o serviço de pagamentos online deve ser estendido ao país, tampouco quando isso pode acontecer. A empresa declarou que "não comenta rumores ou especulações".

1 COMENTÁRIO

  1. Bitcoin com certeza é a melhor moeda para economia de qualquer país! E digo mais só não aprova um governo corrupto que gosta de viver dos impostos super faturados de seus trabalhados o leva a população a uma vida miserável e sem nenhuma qualidade de vida! A propria biblia dá um alerta sobre governantes que cobram muitos impostos a nação vive na miseria.

Deixe seu comentário