Projetos de integração consomem mais de 1/3 do tempo das equipes de TI, conclui estudo

0
27

O Relatório de Benchmark de Conectividade de 2021 da MuleSoft, fornecedora da plataforma de integração e API, apontou que as equipes de TI estão gastando mais de um terço de seu tempo em projetos de integração. Além disso, as integrações personalizadas estão custando, em média, US$ 3,5 milhões a cada grande empresa em mão de obra por ano.

À medida que as iniciativas digitais se aceleram, a integração surge como um fator crítico para determinar o sucesso e a velocidade da transformação digital em todos os setores, segundo a MuleSoft. A pesquisa mostra que os silos de dados continuam a prejudicar suas capacidades de entregar essas iniciativas.

O Relatório de Benchmark de Conectividade de 2021 também destaca novos desafios e oportunidades para as empresas enquanto navegam em um mundo digital-first (prioritariamente digital):

A migração de aplicativos para a nuvem (51%), a habilitação do trabalho remoto (48%) e a automação de processos de negócios (47%) foram citadas como as principais iniciativas nas quais as organizações estão focando para 2021. Elas foram seguidas de perto pelo uso de TI para criar um ambiente de trabalho seguro, modernizando sistemas legados e integrando aplicativos SaaS (45% em cada).
As organizações pediram à TI para entregar em média 30% mais projetos este ano, um número que cresce constantemente ano a ano (315 projetos em 2021 em comparação com 242 projetos em 2020). Somente 37% dos entrevistados disseram que conseguiram entregar todos os projetos de TI no ano passado (em comparação com 41% no ano anterior).

Mais de três quartos (77%) das organizações afirmam que uma falha na conclusão das iniciativas de transformação digital afetará as receitas no próximo ano.

A TI está gastando mais de dois terços de seu tempo (68%) na administração da empresa, deixando pouco tempo para as inovações e o desenvolvimento de novos projetos.

A MuleSoft, em parceria com a Vanson Bourne, entrevistou 800 líderes de TI de empresas globais com pelo menos 1 mil funcionários. A pesquisa online foi realizada entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021 nos Estados Unidos, Reino Unido, França, Alemanha, Holanda, Austrália, Singapura, Hong Kong e Japão.

Deixe seu comentário