Publicidade
Início Blogueria Por mais eficiência operacional de ponta a ponta: a tecnologia aplicada na...

Por mais eficiência operacional de ponta a ponta: a tecnologia aplicada na gestão do varejo

0
Publicidade

Adaptabilidade, flexibilidade e eficiência são três palavras-chave para o mundo do varejo moderno, se aproximando cada vez mais de tecnologias que aprimoram a gestão e permitem que os pontos de operação sejam transformados.

A principal preocupação em implantar experiências favoráveis aos consumidores faz da tecnologia um artifício de investimento ainda mais importante. A pesquisa da consultoria Opinion Box e da empresa Dito, de 2023, revela que 86% dos entrevistados acreditam que a tecnologia contribui grandemente para o processo de compra.

Impactando diretamente as rotinas, os benefícios começam na produtividade e otimização de processos, até a influência em uma gestão mais eficiente e um atendimento mais eficaz. Avançando mais a cada dia, a relação entre a tecnologia e o varejo tem representado o momento de aproveitar oportunidades e superar desafios.

A frente de caixa e a transformação digital

Um dos pontos mais críticos na operação de um estabelecimento varejista é a frente de caixa. A eficiência dessa área tem o poder de determinar a satisfação do cliente a produtividade da loja. Lendo essa preocupação, tecnologias como o self-checkout e o monitoramento das operações com integração de dados em tempo real tem revolucionado a forma como as transações são realizadas e controladas.

Explicando de forma simples cada funcionalidade e suas vantagens, temos o self-checkout como um impulsionador da autonomia dos clientes, que podem escanear e pagar seus produtos de forma autônoma, reduzindo filas e agilizando o processo de compra. Porém este novo recurso, traz novas preocupações para os varejistas, como o  aumento de perdas por erros operacionais, fraudes e até o efeito contrário do objetivo inicial, com lentidão no processo caso o suporte não seja adequado. É aí que entra a tecnologia novamente, para elevar o nível da experiência de compra na área de autoatendimento,  com o atendimento instantâneo via chat e monitoramento em tempo real das operações.

Este monitoramento em tempo real é uma ferramenta de gestão que também pode ser aplicada nos checkout tradicionais, com cobertura de imagens completas e inteligentes associados aos dados  do cupom, auxiliando na resposta rápida a possíveis incidentes, além de permitir a fiscalização remota de operações, agilizando muito as validações que antes precisavam da presença de um fiscal.

A gestão de estoque e a necessidade de inteligência

Como sabemos, a tecnologia tem como sobrenome a adaptabilidade e a flexibilidade, dois elementos que contribuem grandemente para a gestão de estoque. Sistemas de gestão de inventário  baseado nas tecnologias avançadas e artificiais oferecem uma visão em tempo real dos níveis de estoque e permitem que o controle seja mais preciso.

Um exemplo claro para essa melhoria é a tecnologia RFID (Identificação por Radiofrequência), com rastreamento automático de produtos, desde a entrada no armazém até a disposição nas prateleiras. Com o RFID, é possível realizar inventário de uma loja inteira em poucos minutos, localizar itens com facilidade, e manter a visibilidade de estoque atualizada o que é extremamente importante para vendas omnicanal. Ao mesmo tempo, servem como alertas, prevenindo perdas quando produtos são removidos sem autorização.

A inovação integrada no varejo

Investir na integração de tecnologia na gestão do varejo cria um ecossistema inteligente de grande ganho operacional de ponta a ponta. Além de tornar a loja um ambiente amplamente adaptável  e flexível, capaz de responder rapidamente às mudanças e exigências do mercado, a experiência dos consumidores também está sendo levada em consideração.

Através de uma compra agradável e personalizada, varejistas se mantém competitivos no mundo dos negócios, aproveitando dos resultados gerados para análise de insights e informações que se transformam em mais oportunidades de melhoria.

É, portanto, um ciclo virtuoso e contar com especialistas para orientar e guiar a implementação correta e saudável dessas tecnologias é o primeiro passo. A tecnologia, sendo complexa,  precisa contar com especificação detalhada da infraestrutura necessárias, com estratégias eficientes para atingir a segurança e a gestão eficiente que ajuda a alavancar os resultados do varejo.

Adriano Sambugaro, CEO da Inwave.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

Sair da versão mobile