Microsoft deve concentrar foco nos segmentos de smartphones high-end e corporativos

0
0

Após anunciar o corte de 7,8 mil funcionários nos próximos meses, a Microsoft deve remodelar seu negócio de handsets ao apostar em apenas dois gêneros: flagships e negócios. A companhia norte-americana pedirá aos seus parceiros para produzir modelos de entrada de linha nos mercados emergentes, disse uma fonte ao site taiwanês Digitimes.

Fabricantes como Samsung, LG, HTC, ZTE, Huawei, Gionee, Karbonn e Xolo já produzem aparelhos com o sistema operacional Windows Phone. Segundo relatório da Gartner de maio de 2015, o software da Microsoft possui apenas 2,5% do mercado de smartphones ante 17,9% do Apple iOS e 78,9% do Google Android, o preferido das fabricantes.

O executivo familiarizado com o assunto revelou que o modelo de negócios da Microsoft com os celulares será similar ao dos tablets Surface. Os gadgets serão destinados a consumidores dos gêneros premium e corporativo, além de fãs da marca. É esperado que a companhia apresente "em breve" seu novo modelo de negócios, com um ou dois smartphones de primeira linha, negócios e mid-range.

Sobre os handsets de entrada, a empresa definirá os mercados que devem recebê-los, disse a fonte.

Deixe seu comentário