Pesquisa aponta estagnação do processo de digitalização do brasileiro

0
39

Dados da pesquisa Uso de Apps no Brasil, Opinion Box em parceria com o portal Mobile Time, apontam que a aceleração da adoção de serviços digitais já atingiu seu pico e estagnou. De acordo com o estudo, houve queda nos downloads e desinstalações de aplicativos nos smartphones de brasileiros. O número de usuários de serviços de streaming também estabilizou.

Em 2020, a pandemia de covid-19 levou os brasileiros a testarem diferentes soluções para se adaptarem ao isolamento social e à digitalização. No entanto, os dados da pesquisa mostram que os brasileiros já começaram a encontrar os aplicativos preferidos. Em seis meses, passou de 10% para 15% a proporção de pessoas que estão há mais de 30 dias sem instalar um app. Da mesma forma, aumentou de 12% para 19% o a proporção de brasileiros que não desinstalaram nenhum aplicativo no mesmo período.

Já os serviços de streaming de filmes e séries interromperam seu crescimento, que acontecia há dois anos. Entre abril de 2019 e novembro de 2020, houve crescimento de 18 pontos percentuais, mas em maio de 2021, o serviço manteve o mesmo índice anterior, de 56%. Considerando apenas quem acessa pelo smartphone, a Netflix é a líder desse segmento, estando presente em 75% dos aparelhos.

Ainda segundo o estudo, a crise econômica que o Brasil enfrenta também pode ter influenciado o crescimento dos serviços de streaming. A expectativa é de que o setor volte a crescer no ritmo observado antes da pandemia, a não ser que surja alguma empresa ou serviço que cause uma nova disrupção neste mercado.

A pesquisa entrevistou 2,1 mil brasileiros que possuem smartphone de forma online no último mês de maio.

Deixe seu comentário