Domínios para roubar dados de usuários Apple dispararam antes do lançamento do iPhone 12

1
27

A Apple anunciou na última terça-feira,13, o lançamento de sua nova linha: o iPhone 12. Além de aguçar a curiosidade dos consumidores, a novidade também atraiu o interesse dos cibercriminosos, especialmente em golpes que buscam roubar o ID Apple e a senha dos usuários. Levantamento da equipe de análise da Kaspersky mostra que o número de novos domínios maliciosos com menção à Apple disparou às vésperas do anúncio da marca. Enquanto, ao longo deste ano, a média de novos domínios suspeitos era de 100 por mês em todo o mundo, em setembro, foram 1.950 domínios, sendo que a maioria deles tinha o objetivo de capturar as credenciais dos usuários da Apple.

De acordo com os analistas da empresa de cibersegurança, as táticas usadas pelos criminosos para roubar esses dados variam. Entre os pretextos usados pelos sites falsos estão desde a promessa de encontrar aparelhos perdidos, à restauração do acesso às contas.
Também foram encontrados sites de phishing que imitam os serviços de suporte da Apple. Segundo a equipe de análise, é provável que estes últimos tenham sido criados com o objetivo de roubar contas de usuários. No entanto, os recursos não funcionavam corretamente e eram apenas um "esboço" de software. Os analistas acrescentam que golpistas gostam de usar essas páginas como precaução para que, quando um recurso for bloqueado, eles possam ativar outro.

1 COMENTÁRIO

Deixe seu comentário