BlackBerry projeta queda em receita com serviços no próximo ano fiscal; ações caem mais de 6%

0
0

A projeção da BlackBerry para o ano fiscal de 2016, a ser encerrado em março de 2016, divulgada durante o seu Investors Day, realizado na quinta-feira, 16, em San Francisco, na Califórnia, frustrou Wall Street.

As ações da companhia, que dispararam na quinta-feira após o anúncio de parceria com a Samsung, abriram o pregão desta sexta-feira, 14, na Nasdaq, negociadas a US$ 11,89, recuo de 1,4%. Por volta das 17h10 (horário de Brasília), a queda atingiu o pico de 6,6%, com as ações cotadas a US$11,26. Os papéis da empresa fecharam o pregão valendo US$ 11,20, recuo de 7,1%.

Segundo informações do site TheStreet, a empresa estima que sua receita com serviços totalize US$ 800 milhões no ano fiscal de 2016, uma queda de 50% em relação ao ano fiscal de 2015, a ser encerrado em março do ano que vem, quando a estimativa é de alcançar US$ 1,6 bilhão e receita total de US$ 3,78 bilhões, praticamente estável comparada ao exercício fiscal anterior.

A receita da BlackBerry com serviços, que tem diminuído, foi responsável por 46% da receita total da fabricante no trimestre fiscal encerrado em agosto, ante 54% de representatividade no mesmo trimestre do exercício fiscal anterior.

Deixe seu comentário