Mobile commerce deve movimentar US$ 3,1 tri em 2025, diz Juniper Research

0
108

Um novo estudo feito pela Juniper Research mostra, em números, a migração das compras para o ambiente digital, com os pagamentos por celular (mobile commerce) variando de US$ 2,1 trilhões, em 2020, para US$ 3,1 trilhões, em 2025. A pesquisa identificou crescimento significativo das carteiras digitais durante a pandemia, que acelerou a já rápida transição de serviços offline para online.

A nova pesquisa, "Pagamentos de comércio eletrônico: tendências emergentes, oportunidades e previsões de mercado para 2020-2025", identificou que os dois maiores mercados de comércio eletrônico, China e EUA, verão um crescimento de volume em pagamentos por smartphones de 55% e 74%, respectivamente, entre 2020 e 2025.

Na China, os pagamentos por eWallet (carteira digital) estão bem estabelecidos, com o comércio eletrônico continuando a crescer em paralelo à disponibilidade e a prosperidade aumentam. Nos EUA, as carteiras OEM Pay e o PayPal serão os principais beneficiários de uma mudança permanente impulsionada pela pandemia para as compras online. A pesquisa recomenda que os processadores de pagamento priorizem a aceitação das carteiras mais populares nos países, tanto no ponto de venda online quanto offline, ou correm o risco de perder essa grande oportunidade.

Compre agora e pague depois ganha força

A Juniper Research prevê que o aumento no m-commerce se traduzirá em um rápido crescimento de novos modelos de pagamento, como BNPL (Compre agora, pague depois). A implantação do BNPL por meio de APIs em processos de checkout significará uma mudança significativa dos modelos tradicionais de cartão de crédito com base em taxas e APR de financiamento ao consumidor para compras online, especialmente entre os millennials menos convencidos dos benefícios da propriedade do cartão de crédito.

O BNPL também oferece vantagens significativas para os comerciantes como forma de aumentar o tamanho médio da cesta de compras, enquanto melhora a experiência do usuário para os compradores.

A autora da pesquisa, Susannah Hampton, diz que " é fundamental que os processadores de pagamento priorizem a construção de ecossistemas tecnológicos para permitir a aceitação do BNPL em todos os métodos de pagamento, ou eles serão deixados para trás por fornecedores mais adeptos ao digital."

Deixe seu comentário