Ações da BlackBerry desabam mais de 20% após negar interesse de venda à Samsung

0
0

A BlackBerry negou nesta quinta-feira, 15, ter planos de ser vendida à Samsung, o que fez com que suas ações desabassem na bolsa eletrônica Nasdaq. No pre-market, negociação que ocorre antes da abertura da bolsa, os papéis da companhia já operavam em queda de 18%. Na abertura do pregão, contudo, o recuo diminuiu um pouco, para 17,8%, com as ações negociadas a US$ 10,35, e por volta das 15h40 (horário de Brasília) atingiu pico de 20,4%, com os papéis valendo US$ 10,02.

Em um comunicado, a fabricante canadense de smartphones declara que "não se envolveu em discussões com a Samsung a respeito de qualquer oferta possível de compra da BlackBerry". A Samsung também se manifestou e afirmou que "a notícia é infundada", de acordo com um e-mail enviado à Bloomberg.

Uma fonte próxima à BlackBerry ainda acrescentou em declaração à agência que a empresa recebe ofertas o tempo todo, e que os investidores gostariam de ter um preço de aquisição muito maior do que o informado pela Reuters, a pessoa disse.

Os rumores do interesse da Samsung pela aquisição da BlackBerry vieram à tona na quarta-feira, 14, através de informações da agência de notícias Reuters, que, citando fontes próximas ao acordo, afirmou que a companhia sul-coreana estaria interessada na compra para ter acesso ao portfólio de patentes da empresa canadense. Com a publicação da notícia as ações da Blackberry chegaram a ser cotadas em alta de 30%, ultrapassando US$ 13.

Deixe seu comentário