Em busca de soluções para digitalizar a área jurídica, BASF lança desafio de Inovação Aberta

0
72

A BASF tem apostado cada vez mais em inovação aberta, com desafios que favorecem a criação de novos negócios e interação com startups. Em parceria com a plataforma de gestão da inovação AEVO Innovate, a companhia abriu as inscrições para o desafio "Making Legal Digital", até 22 de março. O objetivo é encontrar soluções inovadoras para simplificar e digitalizar atividades rotineiras da área jurídica para clientes, tais como controlar procurações e atos societários, acompanhar a distribuição de processos, digitalizar e criar documentos.

A iniciativa faz parte das ações do Centro de Experiências Científicas e Digitais da BASF, o onono, um programa de fomento a negócios entre a empresa, startups e clientes. Entre os diferenciais, as propostas devem incluir funcionalidades como chats online para resolução de questionamentos simples e acesso facilitado a conteúdo jurídico.

"Trocar ideias, enfrentar desafios, propor soluções disruptivas, integrar equipes, cocriar e gerar um network positivo são algumas características das experiências em inovação aberta, que vêm sendo amplamente utilizadas pela BASF conectada ao universo das startups. Além disso, temos a possibilidade de estender essa experiência aos nossos clientes que é, sem dúvida, um ganho – tanto para as companhias, como para as startups que participam. Ampliar esse universo colaborativo tem o poder de fomentar a inovação, a digitalização e o empreendedorismo. Temos que conectar cada vez mais as corporates com as startups", destaca Victoria Vendramini, responsável por Marketing e Ecossistemas Digitais no onono.

Todas as propostas serão apresentadas aos responsáveis pelo desafio no Speed Dating, em 30 de março. Para a inscrição, representantes das startups devem acessar  https://acontece.onono.com.br/desafio-making-legal-digital e clicar em "Eu tenho a solução", para serem direcionados ao cadastro. As empresas selecionadas podem se tornar parceiras ou fornecedoras de clientes da BASF.

Com a AEVO, a organização tem acesso a uma base de 14 mil startups atuantes em diversos segmentos e já lançou oito desafios. Foram 37 apresentações, 250 inscritos e quatro projetos piloto em implantação a partir da parceria iniciada com startups.

"Os desafios de inovação aberta hoje são peça chave do planejamento estratégico de algumas das principais empresas do mundo.  Até mesmo uma companhia consolidada em um segmento precisa olhar constantemente para fora em busca de novas soluções. E as startups, que já nascem com modelos conectados a ideais inovadores, podem ajudar nesse processo", destaca Luís Felipe Carvalho, CEO da AEVO.

Deixe seu comentário