Publicidade
Início Notícias Comunicações Vivo, Ericsson e FEI criam novo Centro de Soluções 5G com foco...

Vivo, Ericsson e FEI criam novo Centro de Soluções 5G com foco em IoT

0
Taxa de crescimento anual composto (CAGR) brasileira será de 19% até 2019, totalizando 53 exabytes por ano
Publicidade

O Centro Universitário FEI, a Vivo Empresas e a Ericsson anunciaram a criação de um Centro de Soluções 5G para explorar as potencialidades das redes da quinta geração. A iniciativa nasce como um polo tecnológico e terá a Internet das Coisas (IoT) como segmento âncora das linhas de pesquisa e desenvolvimento.

O projeto direcionará os esforços para todos os setores industriais, com destaque às áreas de automação, logística e mobilidade urbana – e voluindo conceito de cidades inteligentes – e setores que demandam uma comunicação massiva de dispositivos, como o agronegócio, mineração e nos diversos processos industriais relacionado a manufatura avançada.

A infraestrutura do novo centro, com sede no campus do Centro Universitário FEI, em São Bernardo do Campo (SP), contará com equipamentos da Ericsson e rede privativa 5G da Vivo, com a utilização da frequência de 3,5 GHz, capaz de explorar a combinação de altíssima velocidade e latência próxima de zero, com maior confiabilidade e disponibilidade, além da capacidade para conectar massivamente um número significativo de aparelhos.

Além da conectividade, a Vivo terá um papel fundamental na criação de novas aplicações a partir da experiência em inovação aberta, com dezenas de projetos já desenvolvidos em parceria com startups direcionadas ao desenvolvimento de novos serviços digitais à indústria.

O Centro Universitário FEI será a plataforma para desenvolvimento, pesquisas, formação de recursos humanos e demonstrações de aplicações IoT industriais utilizando conectividade 5G, tanto para alunos como para a indústria, tornando-se referência nas soluções em IoT baseadas na tecnologia 5G para diversos segmentos industriais.

A instituição vem desenvolvendo projetos e pesquisas relacionados a Indústria 4.0 e cidades inteligentes, com a utilização de ferramentas de manufatura digital, plataformas de IoT, nuvem e a criação de gêmeos digitais. A parceria reforça e impulsiona as iniciativas da FEI neste contexto, provendo conectividade entre dispositivos em diferentes localizações no campus.

Os alunos da instituição também serão beneficiados pela rede 5G, ampliando o desempenho de projetos, com operações integradas e em tempo real. A rede estará disponível no laboratório de manufatura digital e manufatura integrada, laboratório de IoT, além da conexão nos equipamentos disponíveis no Centro de Laboratórios Mecânicos e do time de futebol de robôs.

SEM COMENTÁRIOS

Deixe seu comentário

Sair da versão mobile