Pesquisa mostra que consumidores aprovam SMS como canal de marketing

0
0

A Zenvia – provedora de soluções de mobilidade – encomendou pesquisa, realizada pela Quanti Pesquisa de Mercado, para conhecer a opinião dos brasileiros sobre o uso do SMS como um meio de comunicação das empresas com os consumidores. O levantamento, realizado com 2.100 pessoas nas cinco regiões geográficas nacionais, constatou que se aplicada às práticas de respeito ao consumidor, o SMS tem forte aceitação.

Dos 70% dos entrevistados que revelaram ter recebido algum conteúdo de marketing por SMS, metade deles (52%) gostou da informação. Daqueles que não gostaram, os principais motivos do descontentamento foram: não conhecer a empresa (26%); ter recebido a mensagem em horário inapropriado (24%); receber inúmeras mensagens da mesma marca (18%); não autorizar o recebimento de mobile marketing (17%); e conteúdo fora do seu interesse (14%).

Cupons de desconto e alertas de promoções são os dois principais tipos de conteúdo que os consumidores gostariam de receber por SMS, com, respectivamente, 65% e 62% das respostas. Promoção no modelo leve 3 e pague 2 (42%), convites para eventos (37%) e informações de lançamentos de produtos e coleções estão na sequência (29%)*. Porém os conteúdos enviados atualmente não atendem a esta ordem de importância: apenas 15% revelaram ter recebido cupons de desconto, por exemplo.
90% dos entrevistados aceitariam receber SMS com conteúdo de marketing se houvesse a opção de descredenciamento junto com o texto. O estudo constatou que as opções de credenciamento (Opt In) e descredenciamento (Opt Out) impactam direta e profundamente na satisfação dos consumidores. Para 89% dos entrevistados respeitar esse direito do cliente influencia na imagem da empresa.

Dos entrevistados que já receberam SMS Marketing e que não deram a permissão, 52% ficaram insatisfeitos com a ação da empresa. Em contrapartida, entre os clientes que autorizaram o envio das mensagens, o índice de contentamento foi de 77%.
"A pesquisa nos mostra que os consumidores estão abertos a receber ofertas por SMS, entretanto querem conteúdo relevantes e que tenham a ver com o seu perfil. Para isso, as marcas precisam também fazer uma triagem e oferecer a oferta certa para cada público", diz Victor Knewitz, sócio-fundador da Zenvia.

Quando questionados sobre as expectativas relacionadas ao SMS como canal de marketing, 24% dos entrevistados querem saber com facilidade quem enviou a mensagem; 21% só aceitam receber SMS se autorizarem (Opt In); 20% esperam conteúdos interessantes; 18% desejam ser respeitados se optarem pelo descredenciamento do recebimento de uma marca (Opt Out); e 17% querem ser respeitados se optarem por não receber nenhuma mensagem promocional, assim como já ocorre com os telemarketings.

"Para os consumidores, mais importante do que autorizar o recebimento das mensagens por SMS é ter a possibilidade de parar de receber quando quiserem. Os clientes querem respeito, relevância e liberdade de escolha", finaliza o executivo.

Deixe seu comentário