Fraude de envio registra crescimento de 1.500% em dois anos

0

O Relatório Global de Tendências de Fraude Digital de 2022, elaborado pela TransUnion, empresa global de informações e insights, aponta que o crescimento contínuo do comércio eletrônico pode estar relacionado ao aumento da fraude de envio.

Este é considerado atualmente o tipo de fraude digital com maior ascensão no mundo, com crescimento de 780,5% de 2020 a 2021 e de 1.500% nos últimos dois anos (2019-2021). O levantamento da TransUnion registrou ainda o aumento de 44,8% na incidência de fraude digital contra empresas do setor de logística no Brasil no período entre 2019 e 2021.

"À medida em que consumidores mudaram suas intenções de compra de varejistas físicos para plataformas de comércio eletrônico ao longo da pandemia, os fraudadores se movimentaram em direção aos ambientes em que seu público-alvo gastava cada vez mais tempo e dinheiro", ressalta Shai Cohen, Vice-Presidente Sênior e Chefe Global de Soluções de Fraude na TransUnion. "As compras online se tornaram um hábito comum em escala global e, como resultado, a propensão à fraude no envio dos produtos também aumentou."

Conforme a adoção de compras em canais digitais pelos consumidores continua a acelerar, a taxa global de todos os tipos de tentativas de fraude digital aumentou 52,2% de 2019 a 2021. Além da fraude de envio, outros tipos de fraude que tiveram grande crescimento na comparação de 2019 a 2021 são: fraude em ACH/débito2 (531,3%), roubo de identidade comercial³ (+165,7%) e fraude em benefício próprio4 (+91,1%). De acordo com a recente pesquisa da TransUnion com 12.500 pessoas adultas em todo o mundo, 62% das pessoas entrevistadas relataram o roubo de identidade5 como sua maior preocupação quando se trata de fraude digital.

Tipos comuns de fraude aumentaram em todos os setores de 2019 a 2021

Tipo de fraude Taxa global de crescimento anual de fraudes

  • Fraude de Envio 1.541,8%
  • Fraude em ACH/Débito 531,3%
  • Roubo de Identidade Comercial 165,7%
  • Fraude em benefício próprio 91,1%
  • Roubo de Identidade 81,8%
  • Empresa com Esquema Fraudulento6 57,3%
  • Chargeback7 54,1%
  • Fraude de Identidade Sintética8 41,1%

"Quase metade das pessoas pesquisadas pela TransUnion disseram que estão realizando a maioria de suas transações online, cobrindo desde o gerenciamento de finanças pessoais e compras até assuntos de negócios, o que elevou a expectativa de consumidores em termos de experiência e segurança. Para mitigar efetivamente os riscos de fraude digital, as empresas devem garantir que possuam processos de autenticação fortes, bem como tecnologia simplificada e soluções de identidade em várias camadas. Essas soluções ajudarão a construir confiança com clientes e impedir essas táticas de fraude", afirma Cohen.

Principais setores visados por suspeita de fraude digital no Brasil incluem serviços financeiros, viagens, lazer e games

Embora a fraude de envio abranja uma infinidade de mercados, certos setores de negócios estão mais propensos a tentativas de fraude digital. Para as transações originadas no Brasil, o setor de serviços financeiros teve a maior porcentagem de crescimento anual de suspeita de fraudes de 2019 a 2021, com aumento de 419,9%. Os mercados de viagens e lazer (51,2%) e logística (44,8%) foram o segundo e terceiro setores que mais cresceram na taxa de tentativas de fraude digital. Em contrapartida, os setores em que as tentativas de fraude digital vindas do Brasil mais diminuíram nesse mesmo período foram de telecomunicações (-89,6%) e comunidades, como fóruns e aplicativos de relacionamento (-54,1%).

"Fraudadores vão aonde está o dinheiro. Quanto mais pessoas se voltam para a internet como meio de realizar suas transações bancárias, mais fraudadores vão tentar tirar vantagem dessa tendência," explica Marcelo Leal, Diretor de Soluções da TransUnion Brasil.
Globalmente, os setores de 'viagens e lazer' e 'games' foram classificados como os dois principais com o maior crescimento na taxa de tentativas de fraude digital de 2019 a 2021, aumento de 110,7% e 68,6% respectivamente. Isso se tornou especialmente prevalente à medida em que as economias se normalizaram diante da desaceleração da pandemia e o turismo foi retomado. No setor de viagens e lazer, a fraude com cartão de crédito roubado ou falso foi a predominante em 2021.

Taxas de crescimento ano a ano de tentativas de fraude digital (2019 – 2021)

Setores afetados por fraude Originário do Brasil Globalmente

  • Serviços Financeiros 419,9% 60,5%
  • Viagens e Lazer 51,2% 110,7%
  • Logística 44,8% -16,6%
  • Games -37,8% 68,6%

A fraude digital em serviços financeiros continua sendo a mais frequente em todo o mundo. O principal tipo de fraude em serviços financeiros é o roubo de identidade5. Dessa forma, muitas instituições financeiras aderiram a iniciativas para aprimorar as medidas de segurança e soluções de autenticação.

"A fraude continua a impactar diversos setores de negócios e fraudadores estão sempre procurando a próxima oportunidade. No entanto, alguns setores frequentemente visados – como serviços financeiros ou viagens e lazer – devem empregar preventivamente soluções e estratégias de detecção de fraude para melhor proteção e atendimento aos clientes", enfatiza Leal.

A TransUnion chegou às suas conclusões sobre fraude contra empresas com base na inteligência de bilhões de transações e mais de 40 mil sites e aplicativos contidos em seu principal conjunto de soluções de prova de identidade, autenticação baseada em risco e análise de fraude – TransUnion TruValidate. A porcentagem ou taxa de tentativas suspeitas de fraude digital são aquelas que clientes do TruValidate™ negaram ou revisaram devido a indicadores fraudulentos em comparação com todas as transações avaliadas como fraude.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui