TIM permite que todos os clientes Oi utilizem sua rede

0

A TIM é a primeira operadora a migrar para a sua rede todos os clientes da Oi Móvel que recebeu pela compra de ativos da companhia. A transferência dos 16,4 milhões de usuários dos 29 DDDs assumidos pela TIM seria escalonada por regiões, mas a empresa conseguiu acelerar o processo, antecipando-a em pouco menos de um mês. A previsão inicial para o término da migração era 6 de julho.

A compra dos ativos da Oi Móvel foi concluída em 20 de abril, fazendo com que a TIM assumisse a liderança absoluta na cobertura nacional, alcançando 5.235 cidades em todo o país. Pelas regras da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), as operadoras teriam até 18 meses para concluir toda a operação de migração de clientes.

O processo de migração dos clientes da Oi está sendo realizado em três etapas. O primeiro acaba de ser 100% concluído com a liberação do serviço da TIM para os novos usuários, que passaram a navegar simultaneamente na rede das duas operadoras. Em seguida, é realizado o desligamento da rede Oi e o aproveitamento da infraestrutura e espectro, essa é a fase atual em andamento. Todo o processo é realizado sem impacto para os usuários.

Por fim, haverá a integração sistêmica, quando – por exemplo – a tarifação e emissão de contas passa a ser feita pela TIM. Os clientes serão comunicados previamente, nos prazos determinados, sobre as mudanças, que são feitas de forma automática. Além de manterem o mesmo número usado na operadora anterior, não será necessária a troca de chip para continuar navegando e fazendo ligações.

Aquisição da Oi Móvel em números:

Cerca de 16,4 milhões de clientes da Oi Móvel passarão a ser clientes da TIM no Brasil;
Esses clientes estão distribuídos por 29 DDDs, em 17 estados e no Distrito Federal;
Em São Paulo, serão absorvidos clientes dos DDDs 11, 16 e 19, totalizando 4.5 milhões de usuários: DDD 11 – 3,4 milhões de clientes; DDD 16 – 430 mil clientes; DDD 19 – 700 mil clientes;
Com a aquisição da Oi Móvel, a TIM tornou-se líder em cobertura móvel no país, presente hoje em 5.235 cidades. Esse número evoluirá para 5.370 municípios nos meses seguintes.

Mais detalhes sobre a migração:

Clientes podem manter o aparelho ou trocar, conforme sua necessidade;

A oferta permanece a mesma até a terceira etapa da migração. A TIM diz que está desenvolvendo ofertas semelhantes ou melhores para a conclusão da mudança;
O mesmo ocorre com os serviços de valor agregado, que serão equivalentes ou melhor após a conclusão da migração;

A recarga, para clientes de planos pré-pagos, permanece sendo realizada junto à Oi até a terceira etapa da migração. Depois, o cliente será direcionado para os canais da TIM. O saldo existente será transferido e mantida a data de validade;

A fatura permanece sendo entregue pela Oi até um mês após a migração;

O atendimento será realizado pelos canais da Oi até o fim do processo de migração. Depois, passa a ser feito pelos canais da TIM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui