Symantec e Frost Data Capital firmam parceria para incubar startups de segurança cibernética

0
0

Alvo constante de críticas por não investirem em inovação, as empresas de segurança cibernética mais proeminentes do Vale do Silício, nos Estados Unidos, parecem ter começado a se mexer. A mais recente iniciativa nesse sentido vem da Symantec, que firmou parceria com a incubadora de empresas de análise de dados, a Frost Data Capital, para o desenvolvimento de startups de cibersegurança que possam ajudar a solucionar os novos desafios à segurança de clientes da companhia.

Na realidade, o acordo visa fomentar a inovação em segurança cibernética nas áreas de big data e analytics e internet das coisas (IoT). O objetivo é criar e apoiar startups em estágio inicial com financiamento, recursos e know-how. De acordo como o projeto, as startups selecionadas terão acesso ao ecossistema de análise de dados da Frost e irão colaborar com a Symantec para enfrentar a próxima geração de ameaças que está surgindo com as tecnologias emergentes.

"Estamos colocando um novo olhar para promover a inovação no mercado e esta parceria irá permitir à Symantec transformar ideias e conceitos brutos em empresas de segurança importantes", disse Jeff Scheel, vice-presidente sênior de estratégia, alianças e desenvolvimento corporativo da Symantec, em um comunicado. "Ao colaborar com a Frost, criamos um ambiente preparado para incubar novas, inovadoras e disruptivas startups de segurança cibernética, especialmente no campo das tecnologias da internet das coisas, onde setores como de controle de processos, cuidados com a saúde, automotivo e de energia requerem habilidades especializadas."

A meta é incubar até dez empresas por ano com projetos avançados de segurança cibernética. A Frost Data Capital é reconhecida por dispor de profissionais experientes no processo de incubação de empresas, metodologia comprovada, conhecimento em inovação de processos e profunda expertise na análise de grandes volumes de dados, bem como nas áreas de IoT e de saúde. "Enxergamos uma enorme oportunidade no mercado de segurança de internet das coisas", disse John Vigouroux, sócio-gerente e presidente da Frost. "Estamos animados para trabalhar com a Symantec para desenvolver tecnologia de ponta e soluções de análise de segurança relevantes para o mercado."

Deixe seu comentário