Prestes a abrir capital, Alibaba descobre fraude contábil em filial que produz filmes

0
3

Prestes a realizar sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), prevista para setembro, o gigante chinês do comércio eletrônico Alibaba foi surpreendido nesta sexta-feira, 15, com a notícia de que seu braço de produção audiovisual Alibaba Pictures descobriu possíveis irregularidades em sua revisão contábil, conforme relatou em comunicado à bolsa de valores de Hong Kong.

No documento, o Alibaba Pictures disse que sua nova gestão tinha encontrado "determinado tratamento possivelmente irregular de informações financeiras nos registros contábeis da empresa" de exercícios anteriores, acrescentando que a empresa pode ter feito "provisão insuficiente para deficiências de certos ativos", que não identificou, ao longo do primeiro semestre do ano.

Especula-se que as irregularidades, que segundo analistas e investidores não devem inviabilizar a estreia do Alibaba na Bolsa de Nova York, tenham ocorrido antes da companhia adquirir, em junho, participação de 60% na empresa de produção de filmes, então chamada Chinavision Media Group, por US$ 800 milhões.

Em comunicado, a companhia de e-commerce disse que apoia a revisão das finanças do Alibaba Pictures, o que deve atrasar a divulgação do resultados financeiros da empresa referentes ao primeiro semestre. "A nova equipe de gestão tem um firme compromisso com a transparência, a boa governança corporativa e a proteção dos investidores". Ainda de acordo com a empresa, as negociações das ações da filial serão suspensas até que a investigação seja concluída. Com informações de agências internacionais.

Deixe seu comentário