Compesa, de Pernambuco, finaliza implantação de software de ERP da IFS

0
10

Responsável pelo serviço de água e esgotamento sanitário em 172 municípios, a Compesa (Companhia de Saneamento do Estado de Pernambuco) conclui a implantação de 14 módulos do software de gestão empresarial (ERP) da IFS.

A plataforma integra as áreas de suprimento, distribuição de material, projetos, manutenção, viagens e prestação de contas, fiscal, financeira, contabilidade, orçamentos, contratos, folha de pagamento, informações gerenciais, gerenciamento de documentos, recursos humanos, além de medicina e segurança do trabalho.

"A Compesa precisava de software de gestão integrada que pudesse garantir o crescimento estruturado e o gerenciamento das obras de engenharia e de manutenção e melhoria de infraestrutura", conta Carlos Eduardo Maia, diretor de gestão corporativa da companhia.

A implantação teve início em 2008 e desde então foram investidos R$ 7 milhões. Agora, a companhia finaliza os ajustes nos módulos de Recursos Humanos e Medicina e Segurança do Trabalho, os últimos a serem implementados.

Segundo Maia, a empresa passou a ter um controle integrado dos processos financeiros, especialmente da área de contratos e contas a pagar, que são estratégicas nas atividades da prestação de nosso serviço de saneamento.

Um desafio era gerenciar a manutenção de peças e uma logística complexa entre o processo de compra e a reposição em todo o Estado, além da melhoria da infraestrutura atual, com obras que hoje são estimadas em R$ 3 bilhões.

Atualmente, cerca de 800 dos 3.600 funcionários utiliza o sistema da IFS, que integra também os 172 municípios cujo saneamento está sob responsabilidade da Compesa.

O faturamento da empresa, que em 2007 era de R$ 500 milhões, é estimado em R$ 1,1 bilhão este ano. As obras de manutenção e infraestrutura representavam algo em torno de R$ 200 milhões e agora chegam a R$ 3 bilhões, na comparação entre os dois períodos.

Deixe seu comentário