Morre cofundador da Microsoft, Paul Allen, aos 65 anos

0

Paul G. Allen, cofundador da Microsoft, um dos líderes da revolução da computação pessoal, morreu nesta segunda-feira, 15, em Seattle, EUA. Ele tinha 65 anos e nos últimos anos usava sua fortuna em filantropia.

A causa foi complicações do linfoma não-Hodgkin, disse sua família em um comunicado. A doença recorreu recentemente, após ter estado em remissão por anos. Ele deixou a Microsoft em 1982, depois que o câncer apareceu pela primeira vez.

Allen foi uma força na empresa durante seus primeiros sete anos, junto com seu co-fundador, Bill Gates, quando o computador pessoal passava de uma curiosidade amadora para uma tecnologia convencional, usada por empresas e consumidores.

Quando a empresa foi fundada em 1975, as máquinas eram conhecidas como microcomputadores, para contrastar os computadores de mesa com as enormes máquinas do tamanho de um quarto. Allen surgiu com o nome Micro-Soft, uma empresa que fabricava software para pequenos computadores. O termo computador pessoal se tornaria comum mais tarde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui