Primeiros 5 indicados para compor ANDP foram definidos pelo Governo

0
59

O Governo enviou para o Senador Federal nesta quinta-feira, 15, os nomes dos primeiros cinco indicados para compor a ANPD – Agência Nacional de Proteção de Dados, que deverão ser sabatinados e terem seus nomes aprovados para formação inicial do órgão fiscalizador da LGPD – Lei de Proteção de Dados sancionada dia 17 de setembro.

Os primeiros indicados, cujos nomes foram publicados no Diário Oficial da União, são:

Waldemar Gonçalves Ortunho Junior, coronel do Exército, presidente da Telebras desde 2019, para exercer o cargo de Diretor Presidente do Conselho Diretor da Autoridade Nacional de Proteção de Dados – ANPD.

Joacil Basílio Rael, assessor da Telebras S/A para diretor do Departamento de Segurança da Informação do GSI-PR para exercer o cargo de Diretor do Conselho Diretor da Autoridade Nacional de Proteção de Dados – ANPD, com mandato de quatro anos.

Nairane Farias Rabelo Leitão, advogada Sócia em Serur, Câmara, Bandeira, Mac Dowell, Meira Lins, Moura, Rabelo e Castro Advogados para exercer o cargo de Diretora do Conselho Diretor da Autoridade Nacional de Proteção de Dados – ANPD, com mandato de três anos.

Miriam Wimmer, diretora de Serviços de Telecomunicações no Ministério das Comunicações. Professora de Direito, Tecnologia e Inovação no IDP Brasília para exercer o cargo de Diretora do Conselho Diretor da Autoridade Nacional de Proteção de Dados – ANPD, com mandato de dois anos.

Arthur Pereira Sabbat, diretor do Departamento de Segurança da Informação do GSI-PR para exercer o cargo de Diretor do Conselho Diretor da Autoridade Nacional de Proteção de Dados – ANPD, com mandato de cinco anos.

Deixe seu comentário