Cássio Pantaleoni assume a vice-presidência do SAS Brasil

0
3

O SAS nomeia Cássio Pantaleoni como vice-presidente da companhia no Brasil. Após cinco anos à frente da diretoria de vendas, o executivo recebeu o desafio de impulsionar o crescimento de segmentos regionalizados, como Sul do país e Minas Gerais, além de manter a consolidação de áreas estratégicas para a empresa.

"Outra meta é manter os resultados positivos obtidos em 2014 nas áreas de Gestão de Risco, Soluções de Combate a Crimes Financeiros, Gestão de Dados, Big Data e Hadoop", informa o executivo. De acordo com o vice-presidente, o crescimento deverá se manter, particularmente, no âmbito da adoção do Hadoop, uma vez que o SAS é a única empresa capaz de sustentar o ciclo analítico usando as três dimensões – SAS on Hadoop, SAS with Hadoop e SAS for Hadoop.

cassio_pantaleoni_bx"Queremos consolidar nossa posição de liderança nesse ambiente", afirma.
Durante o período em que ocupou a diretoria de vendas, as receitas provenientes dessa área cresceram 180%. De acordo com Pantaleoni, o ano de 2015 servirá para consolidar as estratégias e para a construção de uma diretoria comercial.

Atualmente, a equipe de vendas é formada por seis gerentes, com seus respectivos times, organizados por verticais, com objetivos relacionados ao potencial de seus segmentos.

O Brasil está na pauta da companhia como um dos mercados com maior potencial de crescimento para os próximos cinco anos. Desde 2008 a representatividade das vendas de software do SAS no país vem aumentando continuamente. Em 2014, o SAS Brasil alcançou o 6º lugar no ranking global da companhia. "Com as metas estabelecidas para o exercício fiscal de 2015 esperamos alcançar a 5ª posição nesse ranking", almeja. O potencial do mercado brasileiro certamente encaminhará a subsidiária para o papel de país mais influente nas decisões acerca de novas funcionalidades e novos produtos.

Cássio Pantaleoni é mestre em Filosofia pela PUC-RS, tem mais de 30 anos de experiência no setor de tecnologia e mais de 15 em vendas consultivas. O executivo se reporta ao vice-presidente do SAS para a América Latina, Márcio Dobal.

Deixe seu comentário