Finep amplia limite de financiamento do Inovacred

1
0

BRASÍLIA — O Inovacred, programa da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTI), ampliou o valor limite dos financiamentos, para projetos apresentados por empresas com faturamento entre R$ 16 milhões e R$ 90 milhões, de R$ 2 milhões para até R$ 10 milhões por proposta, por meio dos agentes credenciados.

Outra novidade é que já há nove agentes credenciados no Inovacred, sendo cinco em plena operação e quatro em fase final de formalização. Esses últimos devem estar operando em cerca de um mês, mas os interessados já podem entrar em contato e enviar propostas.

Cada agente atende apenas um determinado estado ou região. São eles BRDE (região Sul), Badesul (RS), Badesc (SC), AgeRio (RJ) e Banrisul (RS) em plena operação, e BDMG (MG), Desenvolve SP (SP), Desenbahia (BA) e Basa (região Norte) em fase final de credenciamento. Na próxima sexta-feira,19, o presidente Glauco Arbix assina o credenciamento do Desenvolve SP.

Em estados com mais de um agente, fica a critério do cliente escolher a instituição de sua preferência. Onde ainda não há agentes credenciados, os interessados devem entrar em contato diretamente com a Finep.

Sobre o programa

O Inovacred é uma das iniciativas da Finep em busca da descentralização de financiamentos para micro, pequenas e médias empresas. Por meio dele, a Agência Brasileira da Inovação está selecionando agentes financeiros (bancos de desenvolvimento, agências estaduais de fomento e bancos estaduais comerciais com carteira de desenvolvimento), deixando de concentrar sua atividade de crédito.

Em cinco anos, o programa espera financiar cerca de duas mil companhias e cadastrar 20 agentes financeiros. No total, aproximadamente R$ 1,2 bilhão será disponibilizado às empresas no período de 30 meses a partir dos credenciamentos dos agentes, para que elas possam contratar suas operações.

Os recursos possibilitarão a estas empresas a busca da inovação para competitividade. Os agentes ficarão encarregados do recebimento, análise e enquadramento das propostas, liberação e acompanhamento dos projetos e recursos. O custo final das operações para as empresas financiadas será de TJLP (Taxa de Juros de Longo de Prazo) ou TJLP-1,5% para as empresas das regiões Norte e Nordeste.

1 COMENTÁRIO

Deixe seu comentário