Check Point oferece serviço para combater ataques de "dia zero"

0
19

A Check Point lança o Check Point Check Point R77, a versão mais recente da sua Arquitetura Software Blade, que visa combater os rackers se aproveitam de falhas ainda não corrigidas para atacar os computadores.  Ele vem com mais de 50 novos recursos, incluindo o serviço ThreatCloud Emulation (a tecnologia de maximização de desempenho Check Point HyperSpec), o Check Point Software Blade de Conformidade, o novo Central Device Management e melhorias do Sistema Operacional Unificado GAiA da Check Point.

Os hackers trabalham rapidamente, desenvolvendo novos ataques ocultos e cuidadosamente escolhendo suas vítimas com malwares personalizados. De acordo com pesquisadores, uma média de 70 mil a 100 mil novos programas maliciosos são criados e distribuídos todos os dias1.   

Esse imenso volume de malware demonstra o fluxo crescente de ataques avançados enfrentados pelas empresas e que antes passavam despercebidos. Ao mesmo tempo, os requisitos críticos de negócios para o desempenho de rede crescem em um ritmo exponencial.

Neste cenário, o ambiente de rede demanda uma combinação de recursos que oferecem prevenção de ameaças, infraestrutura de segurança ultrarrápida, e sistemas de conformidade regulatória automatizados. O R77 da Check Point reúne recursos de segurança preventiva, monitoramento de conformidade e maior desempenho para reforçar gateways existentes.

"Nossos clientes precisam antecipar a ação dos hackers para proteger suas redes, e o R77 oferece a melhor plataforma e as proteções de segurança mais avançadas para isso. Com desempenho otimizado, emulação de ameaças baseada em nuvem e monitoramento de conformidade automatizado, nossa arquitetura de software blade foi desenvolvida para ser a solução de segurança multicamada mais abrangente do mercado", afirma Dorit Dor, vice-presidente de produtos da Check Point Software Technologies

Deixe seu comentário