Cooperativa COOP migra para S/4HANA com apoio da Accenture

0
117

A Accenture divulgou o seu projeto de implementação do SAP S/4HANA para a COOP – a maior cooperativa de consumo da América Latina, que possui 31 supermercados, 78 drogarias e um centro de distribuição.

A decisão derivou do planejamento estratégico de longo prazo da empresa e o intuito da implementação do SAP S/4HANA era utilizar o produto padrão ao máximo, com customização mínima. Os principais motivadores para o início dessa jornada passaram pela busca da eficiência operacional, melhores práticas nos processos internos e ganhos de escala, performance e integridade dos dados, através da modernização do landscape de sistemas. Além da migração em si, houve ainda o desafio de realizar essa implementação de maneira remota, em função da pandemia de Covid-19.

No total, foram mais de 700 pessoas da COOP envolvidas, de diversas áreas como: retaguarda, financeiro, contábil, central de panificação, manutenção e compras de indiretos.

"O tema da nuvem sempre permeou a COOP. Tínhamos todos os equipamentos dentro de uma sala na área de tecnologia e, há cerca de 3 ou 4 anos, optamos por levar para um data center. E, agora, aproveitando a oportunidade da implantação do SAP S/4HANA levamos a empresa para a nuvem, também", afirma Milton Molina, gerente de TI da COOP.

"O go live já foi feito com a estrutura nova. E, para mim, quando uma implementação nova passa despercebida pelo usuário final é o que comprova que ela foi muito bem planejada e elaborada. Tivemos sucesso tanto no back office, quanto na infraestrutura", complementa Molina.

O intuito da empresa agora é atuar muito forte em machine learning, inteligência artificial e big data, focando no cliente, nos benefícios e em como atrair cada vez mais consumidores e alavancar o crescimento.

Em 11 de junho deste ano foi feito, ainda, o kick-off da onda 2, em que o projeto sai do campo administrativo e começa a atingir o core da empresa – supermercados, drogarias, centro de distribuição. O desafio é rever processos e envolver um número muito maior de colaboradores.

"Nossa meta na onda 2, em 1º de maio de 2022, é fazer o go live para um supermercado, uma drogaria e nosso operador logístico. Atuaremos em processos de abastecimento, precificação, promoção – todas áreas que impactam diretamente o cliente", finaliza Molina.

Deixe seu comentário