5G: Associação europeia diz que proibir Huawei ou ZTE pode ter graves consequências econômicas

0
31

A European Competitive Telecommunications Association (ECTA) argumenta que proibir fornecedores como a Huawei ou ZTE teria um impacto negativo no setor das telecomunicações, causando um aumento dos custos da tecnologia 5G, assim como um atraso a nível da implementação.

A ECTA alerta que a proibição e fornecedores de 5G chineses por motivos geopolíticos poderá ter graves consequências económicas, indicando que que "tais decisões só podem ser justificadas com base em fatos comprovados".

Em comunicado, a associação defende que uma redução no número de fornecedores de 5G teria um impacto negativo no setor das telecomunicações ao aumentar os custos, afetar o desempenho, atrasar a implementação da tecnologia e restringir o potencial a nível de inovação.

O impacto da proibição poderá também traduzir-se numa redução da capacidade das empresas e instituições públicas, assim como da sociedade civil, em disponibilizar novos serviços digitais e fomentar o crescimento e recuperação da economia.

Deixe seu comentário