Integração de dispositivos móveis é grande desafio das empresas

0
0

Dispositivos móveis – telefones celulares, tablets e laptops – agora são onipresentes no ambiente corporativo.  No entanto, esses dispositivos não acrescentarão nenhum valor, se não puderem ser facilmente integrados com a infraestrutura de TI da empresa.

Não é nenhuma surpresa que a IBM classifica as soluções móveis como uma das três principais tecnologias que moldarão o futuro. Na verdade, não só a IBM, como muitas outras empresas reconheceram as vantagens da mobilidade e agora colhem os benefícios para seus negócios e funcionários, como, por exemplo, maior engajamento da equipe, melhoras na colaboração interna e redução de custos.

Ao incorporar os dispositivos móveis em sua estratégia global de TI, as empresas têm uma oportunidade valiosa de se transformarem radicalmente. O verdadeiro desafio que as companhias enfrentam dentro de um ecossistema corporativo digitalizado não é a prevalência (ou superpopulação) desses dispositivos, mas a falta de recursos para integrá-los em sua atual infraestrutura de TI. De fato, isso vai além do gerenciamento de dispositivos móveis, e é necessário garantir que a integração desses aparelhos torne-se uma extensão natural do conjunto já existente de soluções empresariais.

O papel que um dispositivo móvel desempenha dentro de uma empresa depende da facilidade de integração do aparelho com o conjunto de ferramentas que a companhia possui. A inovação no setor de dispositivos móveis é incrível: Do Projeto Ara, do Google, que permite aos usuários de smartphones construírem o seu próprio aparelho, até uma interminável lista de wearables, que também podem ter espaço no mundo corporativo. Entretanto, esses dispositivos não terão vida longa se não puderem ser integrados ao ambiente de trabalho.

Empresas de TI tem iniciativas de tecnologia consolidadas, que visam capacitar os usuários e empresas com soluções que facilitem a transição para um modelo de negócios de dispositivos móveis integrados. A empresa reforçou esta iniciativa no ano passado, através do seu compromisso com o ACE (App Configuration for Enterprise) para simplificar o processo de implantação de aplicativos móveis.

Um software corporativo deve assegurar uma integração perfeita em um conjunto já existente de soluções empresariais, que facilite o uso dos dispositivos móveis diariamente. Para ser eficiente, ele deve ser flexível. Por um lado, isso significa que ele tenha que ser compatível com diversos dispositivos móveis e sistemas operacionais, proporcionando ao usuário uma experiência otimizada. Por outro lado, isso implica que os funcionários possam utilizar o software em qualquer lugar e em qualquer momento.

Os colaboradores não devem ter de trocar programas ou dispositivos para utilizar as novas soluções. O TeamViewer é um desses softwares, conhecido como uma ferramenta multiplataforma de fácil integração.

Mobilidade corporativa – O domínio das tecnologias e tendências de consumo

A mobilidade corporativa é mais do que uma simples tecnologia, ela tem o potencial de ser uma alavanca para a produtividade individual e, posteriormente, para a produtividade das equipes e empresas. Mas é claro, isso depende de quão bem os líderes de TI administram os negócios e os recursos da área. Os gestores devem também levar em consideração a autonomia proporcionada pela crescente destreza digital dos funcionários, e explorá-la ainda mais.

Os consumidores estão acostumados a usar a tecnologia em todos os aspectos de suas vidas – desde comunicação e socialização até a realização de operações bancárias, cuidados com a saúde, passatempos e muito mais. As empresas inteligentes estão explorando isso para gerar ganhos de produtividade no trabalho.

Por consequência, é crucial facilitar o gerenciamento e o suporte aos dispositivos móveis, mantendo padrões seguros de trabalho remoto e fornecendo acesso a ferramentas integradas de compartilhamento de arquivos e colaboração.

A mobilidade corporativa significa que o trabalho pode ser feito em qualquer lugar, mas de uma maneira fácil, rápida e segura. Além disso, o conceito também deduz que os funcionários tenham acesso a todo um conjunto de ferramentas móveis, em qualquer lugar e usando qualquer rede disponível.

Alfredo Patron, vice-presidente de Desenvolvimento de Negócios da TeamViewer.

Deixe seu comentário