Com dificuldades em seu plano de reestruturação, CEO do Yahoo traz cofundador para o conselho

0
2

Prestes a completar dois anos no comando do Yahoo, em julho próximo, Marissa Mayer não conseguiu ainda os resultados esperados com seu plano de reestruturação. O balanço do primeiro trimestre deste ano, com crescimento modesto, confirma isso. Para completar, a receita com publicidade, que responde por cerca de 40% das vendas totais da companhia, aumentou apenas 2% ano sobre ano, para US$ 453 milhões.

Ciente de que o desafio que tem pela frente ainda é enorme, a executiva trouxe de volta um dos cofundadores do Yahoo para ocupar um assento no Conselho de Administração, alegando a necessidade de veteranos com experiência na área empresarial. O Yahoo nomeou na quarta-feira, 16, três novos membros para seu conselho: o cofundador David Filo, o empresário da indústria de finanças Charles Schwab e o ex- executivo-chefe do Walmart, Lee Scott, informa o The Wall Street Journal. Acionistas votarão se aprovam ou não os novos membros na assembleia geral de acionista que ocorre no dia 25 de junho.

A estratégia de Mayer com o retorno de Filo, além deixar sua marca na governança do Yahoo, é alcançar um crescimento sustentável trazendo de volta para o portal de internet pessoas com conhecimento de negócios. A empresa procurou por vários meses executivos experientes, antes de decidir por Schwab e Lee, cuja experiência em grandes empresas pode ajudar Mayer em seu primeiro período como CEO.

Filo, que fundou o Yahoo em 1994 com o ex-CEO, Jerry Yang, trabalhou na companhia até 1996. Ele é um tecnólogo, como atual chairman Maynard Webb, ex-executivo do eBay, e Max Lechin, cofundador do PayPal e o primeiro diretor trazido por Mayer. Mas Filo tem sido mais ativo nos últimos anos trabalhando com Mayer para restaurar a cultura do Yahoo e atuando no comitê de tecnologia — um pequeno grupo de técnicos que dão aprovação aos grandes lançamentos de produtos.

Entre as principais tarefas do Conselho de Administração do Yahoo estará decidir o que fazer com os bilhões de dólares que serão careados para a empresa a partir da oferta pública inicial de ações (IPO) do Alibaba, no qual detém 24% de participação.

A chegada dos novos conselheiros visa também acabar com inúmeros transtornos enfrentados pela empresa nos últimos anos. Eles vão preencher as vagas deixadas pelo diretor de marketing da American Express John Hayes, o CEO da Tribune Co. Peter Liguori, e o investidor ativista, Daniel Loeb S. Este último, por sinal, teve um papel preponderante na queda do ex-CEO do Yahoo, Scott Thompson, na reorganização do conselho e na contratação de Mayer.

Deixe seu comentário