Negócios do setor eletroeletrônico continuaram retraídos em março, indica sondagem

0
0

O cenário da indústria eletroeletrônica continuou desfavorável em março em relação ao mês anterior, de acordo com sondagem realizada pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) junto às empresas associadas. O relatório aponta que 54% das empresas pesquisadas relataram que suas vendas ou encomendas ficaram abaixo das expectativas, enquanto 14% tiveram as vendas acima das estimativas.

Por outro lado, 50% das empresas do setor tiveram crescimento nas vendas e no volume de encomendas, enquanto 21% apresentaram queda nas vendas. Porém, a associação ressalta que março de 2015 teve mais dias úteis do que o mesmo mês do ano passado e, também, do que fevereiro deste ano, devido ao feriado de Carnaval, influenciando estes resultados.

Já na comparação com março do ano passado, 40% dos entrevistados indicaram que as vendas ou entrada de encomendas cresceram, enquanto 21% registraram queda.

Exportações e importações

Em março, as exportações de produtos do setor cresceram 1,6% em relação a igual mês de 2014. Porém, ao considerar os dias uteis, a média diária das exportações recuou 12,3% no período. No caso das importações, no mês de março a retração foi de 2,9%, com queda acumulada de 10,4% no primeiro trimestre.

Em relação às exportações, os dados da Abinee indicam que tanto o percentual de empresas que apresentaram crescimento nas exportações como das que obtiveram redução nas vendas externas foi de 35%.

Perspectivas

Ainda de acordo com a sondagem, as empresas do setor eletroeletrônico não estão otimistas quanto ao desempenho para este mês, já que 40% das consultadas esperam queda das vendas no período, enquanto 31% estimam crescimento nas vendas. Para o segundo trimestre, essa fatia cai para 29%. Quando considerado todo o primeiro semestre, 34% das companhias esperam recuo nas vendas e remessas em relação ao mesmo período de 2014.

Deixe seu comentário