Coalizão internacional derruba rede de pirataria com 40.000 canais de vídeo e conteúdo de VOD

1
0

A coalizão formada pela Liga da Alemanha de Futebol (DFL), Liga Espanhola de Futebol (LaLiga), NAGRA e Proteção de Conteúdo Nórdico anunciou o encerramento de uma rede ilegal de transmissão de IPTV com sede na Espanha, que atendia a mais de dois milhões de assinantes pagos em todo o mundo.

O desligamento é resultado de reclamações criminais e assistência da DFL, LaLiga, NAGRA e Nordic Content Protection à polícia espanhola. A Aliança para Criatividade e Entretenimento (ACE) também esteve envolvida em nome da indústria de conteúdo. A coordenada operação internacional de aplicação da lei foi liderada pela Polícia Nacional Espanhola, com o apoio da Europol – órgão de aplicação da lei da União Europeia – e da Eurojust – Agência da União Europeia para a Cooperação em Justiça Criminal.

A rede pirata estava oferecendo mais de 40.000 canais de vídeo e conteúdo sob demanda, oferecendo uma ampla variedade de canais, eventos esportivos, filmes, documentários e séries, além de 50 servidores piratas localizados em vários países da Europa. Todos foram encerrados como parte da operação antipirataria.

A rede de pirataria estava sediada na Espanha, mas operava em todo o mundo – Bélgica, República Tcheca, Dinamarca, França, Alemanha, Itália, Luxemburgo, Holanda, Romênia, Suécia, Suíça, Reino Unido, Canadá e Estados Unidos -, gerando lucros superiores a 15 milhões de euros e causando danos muito maiores à indústria de conteúdo. Seu serviço de IPTV foi oferecido aos revendedores, permitindo que eles criassem sua própria marca e serviço ilegal como franquia. Foram realizadas detenções em vários países europeus, incluindo Espanha, Dinamarca, Alemanha, Itália e Suécia. Os indivíduos foram acusados de crimes contra propriedade intelectual, fraude nas comunicações, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

1 COMENTÁRIO

  1. Pena que a rede já estava retransmitindo quando as autoridades vieram a pública fazer o balanço da operação. Vai ser fácil resolver isso não.

Deixe seu comentário